Torres Vedras | Carlos Bernardes recorre da condenação de plágio da tese de doutoramento

Em fevereiro, Carlos Bernardes, Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras (PS) condenado em 1ª instância, a 500 dias de multa, perfazendo um total 5.000 euros, pelo crime de contrafação da sua tese de doutoramento, “As linhas de Torres, um destino turístico estratégico para Portugal“, decidiu recorrer para a Relação. Este processo resultou de uma denúncia de Jorge Ralha, ex-vereador da Câmara de Torres Vedras, publicada no jornal Badaladas. Segundo declarações do seu advogado, Tiago Bastos, à agência Lusa, “uma coisa é alguém fazer sua uma ideia alheia, outra coisa…

Ler mais

Entrevista | Carlos Bernardes – Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras

No plano cultural e no plano económico, o Carnaval é um dos principais ex libris do concelho de Torres Vedras. Como é que correu o Carnaval deste ano? Foi das melhores edições da história do Carnaval de Torres Vedras. Por um lado, o pacto feito com o S. Pedro resultou em pleno, já que o bom tempo é determinante para um evento de rua como é o nosso Carnaval, que é um evento espontâneo, onde as pessoas se divertem, onde as pessoas convivem, partilham e brincam, onde a sociedade torreense…

Ler mais