Mafra || Prédios degradados da Quinta de Santa Barbara comprados pela câmara para habitação social

Há no concelho dois bairros camarários de habitação social, um em Mafra e outro na Malveira. “A par desta constatação, e na decorrência do trabalho de terreno levado a cabo pela equipa da Ação Social, foram identificados dois imóveis, sitos na Rua Manuel Fernandes Batista, na Quinta de Santa Bárbara, lotes 66 e 67, em Mafra, que apresentam sinais evidentes de abandono, e que são hoje, um foco de concentração de alguma marginalidade, que urge resolver nesta zona habitacional da vila de Mafra.” [documento da Câmara Municipal de Mafra] Destes…

Ler mais

Graves erros de diagnóstico no Centro de Saúde de Mafra levam a alteração de prestadores de serviço

A partir deste mês [Abril] o serviço de Atendimento Complementar (AC) de Mafra [SAP] é efectuado por Médicos alocados pela Santa Casa da Misericórdia da Venda do Pinheiro (SCMVP), tal como já tínhamos noticiado. As mudanças de equipas médicas que asseguram este serviço em Mafra têm vindo a sofrer varias alterações desde Novembro do ano passado, altura em que os profissionais que lá prestavam serviço foram substituídos por “médicos de uma empresa contratada em regime de prestação de serviços”. Ora, terá sido durante a permanência desta empresa prestadora de serviço…

Ler mais

GIATUL apresenta contas com a Mafraeduca no sapato

Foi divulgado o Relatório de Contas da Giatul — Atividades Lúdicas, Infraestruturas e Rodovias, E.M. S.A., uma empresa comparticipada a 100% pela Câmara Municipal de Mafra e que apresenta os seguintes corpos sociais: Mesa da Assembleia-Geral Presidente – Hugo Manuel Moreira Luís SECRETÁRIO — Manuel Luís Oliveira Castelo Conselho de Administração Presidente — Hélder António Guerra de Sousa Silva Vogal — Joaquim Francisco da Silva Sardinha Vogal — Dr.a Célia Maria Duarte Batalha Fernandes É a Giatul que assegura sob o ponto de vista logístico e de estruturas, grande parte…

Ler mais

Contas da Tapada de Mafra com saldo positivo mas guerra com a Câmara de Mafra mantém-se

A situação laboral na Tapada Nacional de Mafra (TNM) continua ao rubro, embora, em 2017, as contas tenham saído do negativo. Desde que Alda Mesquita (anterior directora, nomeada por Assunção Cristas), deu lugar a Paula Simões (nomeada por, e próxima de Capoulas Santos) em Abril de 2016, a situação laboral na tapada passou a ocupar as páginas dos jornais, com Paula Simões no centro da polémica. Tarjas colocadas (quase clandestinamente) junto aos portões da Tapada,  tomadas de posição do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas…

Ler mais

Bombeiros Voluntários da Malveira em instalações provisórias durante as obras de requalificação do quartel

Vão iniciar-se no dia 16 de Abril, as obras de requalificação do quartel dos Bombeiros Voluntários da Malveira. Por essa razão, o quartel irá mudar para instalações provisórias que “funcionarão plenamente a partir da próxima segunda feira, dia 16 de Abril, na antiga Estrada da Avessada”. As instalações provisórias localizam-se nas antigas instalações da EuroTermo. Morada: Estrada Velha da Avessada, 24 Urgências: 219 862 561 / 219 861 965 Secretária: 219 660 027   [Imagem:BVM] Siga-nos nas redes sociais

Ler mais

Mafra recebe cerca de 64 mil euros para a recuperação de praias na costa da Ericeira

Foi aprovada a atribuição de financiamento pelo Fundo Ambiental(1) a 25 municípios com vista a apoiar “a recuperação dos danos sucessivamente sofridos com as tempestades Emma (28 de fevereiro a 6 de março), Félix (9 a 11 de março) e Gisele (14 a 18 de março)”. As tempestades Emma e Félix “provocaram danos muito significativos nas estruturas implantadas na faixa costeira varrida pelas ondas, designadamente em passadiços, passadeiras, acessos às praias, redes de abastecimento de água, sinalização de risco, rampas de acesso e estacionamento de embarcações de pesca, pontões de…

Ler mais

Que descansem as almas, Sete-Sóis e Blimunda continuarão alheios a Mafra

Que descansem as almas mais inquietas, Mafra não terá, tão cedo, um Museu da Escultura Comparada ou um Hotel de Charme. A economia que passa pelo nome de José Saramago não trará mais riqueza para o concelho e a ligação entre as duas marcas (Mafra e Saramago) não trará mais beneficio à vila do que aquele que é visível. Que descansem as almas mais inquietas, Mafra não terá, tão cedo, um Museu Municipal instalado no nobre espaço do Palácio, nem Escola de Equitação, nem Museu Militar em espaço civil. A…

Ler mais

Dia do Município | Terreiro D. João V passará a chamar-se Praça José Saramago

No próximo dia 10 de Maio, dia da espiga e dia do município de Mafra, fruto de um convénio assinado recentemente entre a Câmara Municipal e Mafra e a Fundação José Saramago, o escritor – prémio Nobel da Literatura em 1998, autor da obra Memorial do Convento, o livro que conquistou definitivamente a atenção de leitores e críticos e cuja acção decorre em Mafra, tendo por tempo e cenário a construção do Palácio-Convento de Mafra – será finalmente reconhecido pelos poderes públicos da vila, como uma das personalidades, para além do próprio João…

Ler mais

Mafra | Visitámos o Museu de Escultura Comparada encerrado há mais de 40 anos [Imagens]

O JM visitou o Museu de Escultura Comparada do Palácio Nacional de Mafra, museu que se encontra encerrado ao público há mais de 40 anos. O museu foi criado em Dezembro de 1963, sendo “o primeiro do seu tipo em Portugal” como se pode ler no Diário do Governo da época, tendo por finalidade geral: 1) Conservar e ampliar as colecções de objectos com valor artístico, histórico e arqueológico; 2) Expor ao público as espécies que melhor possam contribuir para a formação do seu espírito e para a educação da…

Ler mais

Báias no Palácio | Protecção Civil Municipal reconhece que iniciativa de proteger munícipes e visitantes partiu de Lisboa

O documento que se apresenta de seguida, datado de 8 de Março, da responsabilidade do Serviço Municipal de Protecção Civil – documento recentemente vertido nas redes sociais -, vem demonstrar que ao contrário do que por vezes se dá a entender em intervenções informais de dirigentes locais ou através de vídeos privados produzidos por vereadores da maioria e publicados nas redes sociais, a realidade é que não terá sido a Protecção Civil dependente do Município de Mafra, ou o próprio município, a demonstrar preocupação, ou a tomar medidas relativamente a…

Ler mais