Campanha de Natal registou 12 mil veículos em excesso de velocidade e 12 vítimas mortais nas estradas portuguesas

 

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a GNR e a PSP fizeram o balanço da sinistralidade e da fiscalização nas entradas portuguesas entre 19 e 26 de dezembro de 2022.

Foram fiscalizados cerca de 3 milhões de veículos e registadas 25,7 mil infrações.

Relativamente à velocidade, foram fiscalizados 2,9 milhões de veículos por radar de velocidade, sendo que 12 mil circulavam em excesso de velocidade.

Durante as operações, 57,4 mil condutores foram submetidos ao teste de alcoolemia, tendo 512 apresentado uma taxa superior à máxima permitida, daí resultando 312 detenções.

Durante o período da campanha – 19 e 26 de dezembro – registaram-se 3.194 acidentes com 12 vítimas mortais, 44 feridos graves e 751 feridos leves.

De acordo com dados da ANSR, das vítimas mortais, 10 eram do sexo masculino e tinham idades entre 24 e 86 anos, resultando de:

  • 5 colisões (envolvendo 10 veículos ligeiros)
  • 4 despistes (1 veículo ligeiro, 1 veículo pesado, 1 ciclomotor e 1 motociclo)
  • 3 atropelamentos (2 em estradas nacionais e 1 num arruamento).

Os acidentes com vítimas mortais ocorreram nos distritos do Porto (3), Aveiro (2), Faro (2), Setúbal (2), Beja, Coimbra, Santarém.
Das vítimas mortais, 7 ocorreram na rede rodoviária nacional – estradas nacionais (3), itinerários complementares (2) e autoestradas (2) – e 5 na rede municipal – em arruamentos (4) e em estrada municipal (1).

Leia também