Parques de Sintra é a melhor empresa do mundo em conservação da última década

 

Pelo 10.º ano consecutivo, a Parques de Sintra venceu o World Travel Award para “Melhor Empresa do Mundo em Conservação” (World’s Leading Conservation Company).

Ao longo da última década, a Parques de Sintra concretizou um conjunto significativo de projetos de conservação e restauro no património sob a sua gestão, tendo vencido vários prémios nacionais e internacionais, que lhe conferiram notoriedade e a elevaram ao estatuto de referência mundial.

A cerimónia oficial na qual foram anunciados os vencedores desta edição decorreu em Mascate, no Sultanato de Omã.

A Parques Sintra destaca assin, o trabalho que desenvolveu nesta última década:

“Mencionando apenas os projetos de maior impacto, em 2013, a empresa conquistou o primeiro prémio Europa Nostra da sua história, com a recuperação e restauro do Chalet e Jardim da Condessa d’Edla, e obteve o European Garden Award para a melhor recuperação de um jardim histórico, com o trabalho levado a cabo no Parque de Monserrate. Também nesse ano, foram concluídas duas grandes empreitadas: “À Conquista do Castelo”, que, para além dos relevantes trabalhos de restauro, dotou o Castelo dos Mouros de novas valências; e a reabilitação das fachadas, das chaminés e da cobertura da Sala dos Brasões do Palácio Nacional de Sintra.

O ano de 2014 ficou marcado pela reabertura do Salão Nobre do Palácio Nacional da Pena, após um restauro integral que levou três anos, e pelo arranque da campanha de obras de recuperação das fachadas do Palácio Nacional de Queluz, que lhe devolveu a cor azul original e que se prolongou até ao final de 2016. Por esta altura, já se trabalhava no projeto de reconstituição histórica do Jardim Botânico de Queluz. Terminado em 2017, alcançou um feito inédito para Portugal ao vencer dois Prémios da União Europeia para o Património Cultural / Prémios Europa Nostra 2018: o prémio do júri, na categoria de Conservação e Restauro, e o prémio Escolha do Público.

Nos anos de 2019 e 2020, destaca-se o projeto de recuperação do Convento dos Capuchos, que contemplou intervenções de conservação e restauro complexas e de grande dimensão. Com este trabalho, a Parques de Sintra voltou a ter um projeto seu entre os vencedores dos Prémios da União Europeia para o Património Cultural / Prémios Europa Nostra 2022, os mais prestigiados prémios europeus na área do património.”

Leia também

Comentário