Festas da Cidade de Torres Vedras | Programa para 05 de novembro

 

Já arrancou mais uma edição das Festas de Torres Vedras.

As Festas decorrem até ao próximo dia 12 de novembro e o programa conta com música e desporto, para além dos festivais do pastel de feijão e do vinho, entre outras iniciativas.

O programa para hoje é o seguinte:

Das 10h00 às 12h00 – Vamos lá brincar assim!
Local: Atelier dos Brinquedos
Destinatários: 4 aos 10 anos (famílias)
Atividade Gratuita – Lotação: 8

Em torno da exposição patente na Atelier dos Brinquedos No meu Tempo Era assim… pretende-se, em família, reavivar memórias e cruzar brincadeiras de outros tempos com as brincadeiras de agora. Brincar, contruir, partilhar.

Informações e inscrições:261 334 041 | galeria@cm-tvedras.pt


Das 10h00 e as 13h00 – Oficina “Era uma pessoa simples”
Local: Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino

Oficina prática e experimental, com grande interação entre os formandos e o formador, reforçando e dando importância ao diálogo aberto, a partir da exposição de Pedro Ferreira Era uma pessoa simples.


Das 12h00 às 01h00 – Tasquinhas
Local: Pavilhão Multiusos, Parque Regional de Exposições

Com representação das 13 freguesia do Concelho de Torres Vedras as Tasquinhas trazem à cidade o melhor da gastronomia, vinhos e doçaria local.
Diariamente haverá um programa diversificado que animará quem por lá passa.

Especialidades gastronómicas:
A dos Cunhados e Maceira – Coelho à Bulhão Pato
Campelos e Outeiro da Cabeça – Sopa de pedra de aves
Carvoeira e Carmões – Bacalhau torricado
Dois Portos e Runa – Polvo à socorrista
Freiria – Cabrito
Maxial e Monte Redondo – Codorniz
Ponte do Rol – Carne de alguidar
Ramalhal – Serrabulho
Santa Maria, São Pedro e Matacães – Asinhas de frango crocante com molho tártaro
São Pedro da Cadeira – Arroz de marisco
Silveira – Carne à casalinhense
Turcifal – Bacalhau à Laracha
Ventosa – Bacalhau com broa


12h00 – Acordeão com Eduardo Henriques
Local: Pavilhão Multiusos, Parque Regional de Exposições de Torres Vedras

A cultura e a gastronomia encontram-se nas Tasquinhas das Festas de Torres Vedras, com a atuação do acordeonista Eduardo Henriques.


Das  14h30 às 17h00 – Uvada, uma doce história
Local: Centro de Educação Ambiental
A uvada, enquanto produto local da região Oeste, remonta a vários séculos, numa época marcada pelas dificuldades sociais e económicas. Este produto é, por definição um importante exemplo de sustentabilidade, uma vez que tira partido de produtos locais, respondendo às necessidades alimentares e económicas da população.
Este workshop tem como objetivos conhecer as origens da uvada, encontrar as razões para que ainda hoje esteja presente nas nossas casas, provar a uvada deixando-se surpreender pela riqueza de sabores.

Inscrições: tvedras.pt/9b2xe
Info: 261 314 163 | cea@cm-tvedras.pt


15h00 – Tradballs – Baile do Acordeão
Local: Pavilhão Multiusos, Parque Regional de Exposições de Torres Vedras
O trio Fulano, Beltrano & Sicrano transformam as sonoridades do acordeão diatónico com a harmonia dedilhada dos cordofones sob a base rítmica da percussão em preciosas melodias para dançar.

Com um repertório variado e inspirado nas mais diversas influências este é um trio que promete boa disposição, sorrisos e loucura q.b. mas sempre com um denominador comum: o Baile.

Concertina e voz: Vicente Camelo
Guitarra acústica: David Rodrigues
Cajon, percussões e animação das danças: Matias


15h30 – Curiosidades sobre a Cidade de Torres Vedras
Local: Biblioteca Municipal de Torres Vedras
Destinatários: M/6 (famílias)
Atividade Gratuita – Lotação: 10

Gosta de desafios de cultura geral? E o que sabes sobre a cidade de Torres Vedras?

Para comemorar as Festas de Torres Vedras convidamos as famílias a participar num jogo divertido onde ficarão a saber mais sobre a cidade de Torres Vedras, as suas tradições, características e curiosidades.

Informações e inscrições: 261 320 747 | 261 310 460 | bmtv.servico.educativo@cm-tvedras.pt


16h00 – Debate/seminário: Uma pintura renascentista inédita de S. Gonçalo de Lagos e o seu enquadramento na iconografia do santo
Local: Sala de São Gonçalo, Convento de Nossa Senhora da Graça
No dia 5 de novembro, às 16h00, decorrerá a conferência Em torno da iconografia de São Gonçalo de Lagos, na Sala de São Gonçalo, Convento de Nossa Senhora da Graça.

Fernando António Batista Pereira será convidado desta conferência.


17h30 – Merenda do Acordeão com Emanuel e Vítor Apolo
Local: Café Beira Mar, Cambelas

Nas Merendas do Acordeão, inseridas no Festival Acordeões do Mundo, poderá desfrutar da sonoridade do acordeão, com atuações de tocadores tradicionais, e provas de vinhos doc, queijo saloio e doces tradicionais.


17h30 – Merenda do Acordeão com Hélio Esteves e Tiago Pirralho
Local: Centro Social Cultural Recreativo e Desportivo do Ameal

Nas Merendas do Acordeão, inseridas no Festival Acordeões do Mundo, poderá desfrutar da sonoridade do acordeão, com atuações de tocadores tradicionais, e provas de vinhos doc, queijo saloio e doces tradicionais.


19h00 – Visita orientada com Pedro Ferreira
Local: Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino

No dia 5 de novembro, entre as 19h00 e as 20h00, decorrerá uma visita guiada à exposição Era uma pessoa simples, na Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino.

A visita será orientada por Pedro Ferreira.


21h30 – Festival Acordeões do Mundo com Niamh Ní Charra
Local: Teatro-Cine de Torres Vedras
Destinatários: M/6
Bilhetes: 5 €

Niamh Ní Charra vem de Killarney, Condado de Kerry, no sudoeste da Irlanda. Fortemente influenciada por uma grande variedade de músicos locais de Sliabh Luachra, começou a tocar com apenas 4 anos. Vencedora de múltiplos prémios de violino e concertina, integrou como solista as digressões de Riverdance, entre 1998 e 2006. Gravado durante os isolamentos da pandemia, lançou recentemente o seu quinto e muito aclamado disco “Donnelly’s Arm”.
Além das extensas digressões a solo e com a sua banda, Niamh também actuou e gravou com The Chieftains, Carlos Núñez ou Ibon Koteron. Dá regularmente workshops e masterclasses de violino e de concertina, tocou para diversos presidentes e membros da realeza e realizou a curadoria de vários concertos apresentados pela Embaixada Irlandesa.
Niamh é também uma arquivista profissional e a atual coordenadora do The Conradh na Gaeilge (The Gaelic League) e das coleções de Mary Robinson (ex Presidente da Irlanda e Alta Comissária das Nações Unidas) na Universidade Nacional da Irlanda, Galway.
Niamh é, também, membro fundador do grupo FairPlé (2018) que promove a igualdade de género na produção, difusão e desenvolvimento da música tradicional irlandesa.


22h00 – Música com Ciclo das Quintas
Local: Pavilhão Multiusos, Parque Regional de Exposições de Torres Vedras

O Ciclo das Quintas é um quinteto oriundo da cidade de Torres Vedras, formado no ano de 2008, que pretende apresentar um repertório exclusivamente Português, num tributo à música em formato acústico de duas guitarras, baixo, vozes e percussão.
Pretendemos percorrer diferentes géneros musicais, desde o tradicional ao pop, do rock à música ligeira, relembrando tanto os principais intérpretes do passado como integrando as bandas mais recentes, indo desde Zeca Afonso a Jorge Palma, Rui Veloso a Sérgio Godinho ou Quinta do Bill a Resistência.
Com a viagem pela música portuguesa, fazemos também uma viagem pelos instrumentos mais tradicionais, como a Guitarra Portuguesa, o Adufe, a Flauta, a Melódica, a Harmónica ou até mesmo o Cavaquinho.

Baixo: Carlos Chaves
Percussão: Fernando Martins
Guitarra: Nelson Alexandre
Voz: Nuno Estrela
Guitarra e melódica: Pedro Oliveira


De 1 a 12 de novembro 2022 – Montras de São Martinho

Nestas Festas de Torres Vedras os agentes económicos do centro histórico de Torres Vedras são convidados a decorar as suas montras com alusão às Festas de Torres Vedras, ao Vinho e ao São Martinho, na iniciativa “Montras de São Martinho”.
Esta iniciativa realiza-se entre 1 e 12 de novembro, no centro histórico de Torres Vedras.


De 27 de outubro a 12 de novembro – Exposição de máquinas agrícolas antigas
Local: Parque Regional de Exposições de Torres Vedras

Nesta mostra poderá ficar a conhecer as antigas máquinas com que se trabalhava os campos antigamente. Verdadeiras relíquias!


Exposição de jogos e brinquedos tradicionais do concelho de Torres Vedras: “No meu tempo era assim…”
Local: Atelier dos Brinquedos
Patente: até 29 de janeiro 2023

No meu tempo era assim… Numa época em que brincar já não é o que era, vimos reavivar memórias para uns e mostrar novas brincadeiras para outros.

Nesta exposição pretende-se, de forma lúdica e pedagógica, mostrar como era e continua a ser importante a criatividade em algo tão simples como brincar.


[Imagens: CMTV/Montagem de capa: Jornal de Mafra]

Leia também

Comentário