Bandeiras das praias e o seu significado

 

Conhece o significado das cores das bandeiras das praias?

Nas praias vigiadas, as bandeiras são içadas pelos nadadores-salvadores e indicam o estado de segurança, perigos e proibições, de modo a prevenir e orientar os banhistas.

As bandeiras mais comuns, e que se encontram em todas as praias, são as mais conhecidas:

Bandeira Vermelha
Respeite sempre os sinais das bandeiras. Bandeira vermelha, não deve entrar na água.

Bandeira Amarela
Respeite sempre os sinais das bandeiras. Bandeira amarela, pode tomar banho mas sem nadar e sem ir para fora de pé.

Bandeira Verde
Respeite sempre os sinais das bandeiras. Bandeira verde, pode tomar banho e nadar.

 

[ISN]
Junto ao Mar são colocadas pelos nadadores-salvadores, umas bandeiras listadas – existentes desde 2018 – com as cores amarela e vermelha, que indicam a zona mais segura para banhos, por exemplo, onde não há agueiros.
Mas tenha atenção, pois com a mudança das marés, a localização destas bandeiras pode mudar.

Existem ainda as bandeiras de cor Azul, de Praia Acessível e de Qualidade de Ouro.
A Praia Acessível promove e indica que a praia tem condições de acessibilidade para todos (algumas contam com cadeira anfíbia – cadeira flutuante para pessoas com mobilidade reduzida) e a Praia com Qualidade de Ouro premeia as águas balneares que dão provas consistentes de qualidade.

Existem outras bandeiras, menos comuns, mas que também podemos encontrar nas praias:

Bandeira Xadrez
Bandeira xadrez, preta e branca – o nadador-salvador não se encontra, de momento, na praia. É preciso ter um cuidado reforçado no mar.

Bandeira preta – praia fechada e/ou interdita devido ao estado do mar, ou da areia.

Bandeira de medusas – trata-se de uma bandeira branca com medusas como ícone. É usada para referir a presença de cnidários (medusas, águas-vivas, alforrecas, etc.) em zonas balneares.

Para a sua segurança é muito importante respeitar as bandeiras e as indicações dos nadadores-salvadores.

Leia também

Comentário