Atletismo | Pedro Pichardo é campeão do mundo de triplo salto

 

O Estado de Oregon, nos Estados Unidos da América, recebe desde dia 15 de julho os Campeonatos Mundiais de pista ao ar livre. A Federação Portuguesa de Atletismo convocou 23 atletas para representar Portugal nestes mundiais que hoje terminam.

A seleção portuguesa participou nas provas de marcha (20 km,35 km), lançamento de peso, salto em comprimento, dardo, 100 m, 200 m, 400 m, 1500 m, 5000 m, lançamento do disco, triplo salto e 400 m barreiras.

Ontem, o hino de Portugal entoou em Oregon porque Pedro Pichardo conquistou a medalha de ouro na final do triplo-salto, com um salto de 17,95 metros.

Pedro Pichardo afirmou que desde o início destes mundiais “apenas pensei em mim, no trabalho que fiz para aqui chegar e queria logo colocar um salto que me desse segurança para ser campeão. Até pensei que poderia ser logo os 18 metros”, mas “não saiu e tentei até que acabou a prova. Mas o mais importante e objetivo principal era ganhar a medalha de ouro e isso me deixa feliz”.

O agora campeão mundial diz refiriu aunda, que “já fui campeão olímpico, mundial, campeão europeu em pista coberta, ganhei duas Ligas Diamante, mas isso não chega. Ainda preciso de ser campeão europeu, ganhar mais troféus e, acima de tudo, melhorar as minhas marcas e continuar a perseguir o recorde mundial”.

Pichardo não foi o único português a chegar à final do triplo-salto, com ele chegou Tiago Pereira, que se estreou em Mundiais de atletismo alcançando o 10.º lugar (16,69 metros, com vento).

[Imagem: FPA]

 

Leia também

Comentário