Sintra | Monumento Pré-histórico da Praia das Maçãs [Imagens]

 

Esta manhã visitámos o local das escavações do monumento Pré-histórico da Praia das Maçãs.

O monumento pré-histórico da Praia das Maçãs, classificado como monumento nacional desde dezembro de 1974, é um complexo funerário que combina diferentes tradições arquitetónicas do período megalítico descoberto em 1927, estando implantado a 45 metros de altitude, junto à margem norte do troço vestibular da Ribeira de Colares e a escassos metros do areal da Praia das Maçãs.

Em escavações anteriores, na década de 60, foram encontrados no local, fragmentos cerâmicos, pontas de seta, conchas marinhas e fragmentos ósseos.

A Câmara Municipal de Sintra fez recentemente um investimento de cerca de 69 mil euros para a empreitada de conservação e restauro do monumento. De acordo com o município, a intervenção em curso tem por objetivo “reverter a progressiva degradação das estruturas que integram as sepulturas pré-históricas, garantindo a sua estabilização e preservação e envolve a realização de trabalhos de limpeza, consolidação e estabilização das paredes construídas e das estruturas escavadas em rocha, a reintegração de elementos destruídos e restauros estruturais”.

Na atual escavação foi possível encontrar esqueletos humanos ainda com ossos bem conservados, e ao longo de mil anos terão sido ali sepultados algumas centenas de individuos.

O Tholos é composto por um pequeno corredor revestido por muro de pedra, uma câmara em forma circular, que liga com outra câmara (onde foram encontradas recentemente duas ossadas humanas pré-históricas).

A visita de hoje esteve inserida nas Jornadas Europeias da Arqueologia que este fim de semana se assinalam.

Leia também

Comentário