Mafra, Sintra e Torres Vedras – Qual o melhor concelho para viver, visitar e fazer negócios em 2022?

 

Já foi divulgado o ranking da Bloom Consulting, que avalia os resultados e o impacto de todos os municípios portugueses (308) nas áreas de Turismo (Visitar), Investimento e Exportações (Negócios) e Talento (Viver).

Lisboa, pelo 8.º ano consecutivo, lidera a tabela do Top nacional do Bloom Consulting Portugal.

Os concelhos de Mafra, Sintra e Torres Vedras, encontram-se todos no Top 25 nacional, respetivamente nas seguintes posições:

7.ª posição – Sintra (= a 2021)
21.ª posição – Mafra (-2 em relação a 2021)
25.ª posição – Torres Vedras (-3 em relação a 2021)

As posições Nacionais obtidas pelos concelhos de Mafra, Sintra e Torres Vedras nas áreas dos Negócios (Investimento e Exportações), Visitar (Turismo) e Viver são as seguintes:

Negócios:
No que diz respeito a item Negócios (Investimento), o ranking considerou “a percentagem de novas empresas sobre o total de empresas”.

8.ª posição – Sintra (-1 em relação a 2021)
14.ª posição – Mafra (+1 em relação a 2021)
19.ª posição – Torres Vedras (+3 em relação a 2021)

Visitar (Turismo)
Foi considerada a taxa de ocupação hoteleira.

5.ª posição – Sintra (+4 em relação a 2021)
22.ª posição – Mafra (-2 em relação a 2021)
23.ª posição – Torres Vedras (+7 em relação a 2021)


Viver
(Talento)
São consideradas, “não só as taxas de desemprego e de criminalidade, mas também, o poder de compra de cada munícipe, relativamente à média nacional”.

12.ª posição – Sintra (desceu 2 lugares)
36.ª posição – Torres Vedras (desceu 19 lugares)
30.ª posição – Mafra (desceu 10 lugares)

Em termos nacionais e regionais:

Ranking Regional – Lisboa
3.ª posição – Sintra (manteve)
7.ª posição – Mafra (manteve)

Ranking Regional – Centro
5.ª posição – Torres Vedras (manteve)

Este ranking resulta do último estudo da Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking que analisa o sucesso e desempenho, dos 308 municípios portugueses, na captação de novos investidores, turistas e novos residentes, segundo variáveis como dados estatísticos, procura, pesquisas online que tiveram como objeto o município em causa e desempenho “online” através dos websites e redes sociais de cada município.

Leia também

Comentário