Mafra | PCP assinalou o nascimento de José Saramago [Imagens]

 

A conjugação entre o centenário do nascimento de José Saramago, que este ano se comemora, e a qualidade de militante comunista que o escritor sempre assumiu, foi razão suficiente para que a concelhia de Mafra do PCP organizasse um evento misto, cultural e político, que ocorreu ontem no centro da vila.
A parte cultural e de evocação literária esteve a cargo de Isabel Araújo Branco, Professora no Dep. Línguas, Culturas e Literaturas Modernas na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e de João Luís Lisboa, Professor na mesma universidade, que se focou no Memorial do Convento e em Belimunda, explorando a questão da realidade em Saramago e a relação entre a magia e as diferentes matizes do real na obra do autor.
Cátia Almeida, ex-candidata da CDU à presidência da Câmara Municipal de Mafra, fez a apresentação do evento e dos convidados e resumiu a biografia profissional e política de Saramago, realçando e integrando a sua qualidade de militante comunista.
Notou-se a ausência de algumas das caras mais conhecidas do PCP/CDU, nomeadamente a ausência do único deputado municipal daquela força política.
A animação musical coube a Rogério Charraz.

Leia também

Comentário