Participação da equipa Jet Motorsport no Slalom do Sobral da Abelheira

 

A equipa Jet Motorsport marcou presença em mais uma prova de competição automóvel, desta feita “em casa” no Slalom do Sobral da Abelheira.

Apesar das provas de Slalom não exigirem a presença de navegador, a dupla Cristiano Santos (piloto) e Rúben Valente (navegador) participaram em equipa para “treinar rotinas, criar hábitos dentro do habitáculo”.

A prova não começou da melhor maneira para a equipa mafrense, não tendo conseguido concluir a primeira passagem (destinada ao reconhecimento da prova) devido a uma “perda de potência súbita no motor”. Tratou-se de um tubo do intercooler que saltou, problema que ficou resolvido durante a manhã.

A equipa apresentou-se em prova da parte da tarde, tendo efetuado as duas passagens previstas conseguindo melhorar em três segundos o seu tempo.

Como objetivos desta participação, a equipa pretendia “fazer quilómetros com o carro, ganhar ainda mais entrosamento na equipa, e acima de tudo dar visibilidade aos nossos parceiros, que ousaram apostar num projecto em estreia este ano. Tudo isto, claro está, sem correr riscos desnecessários, que pudessem fazer perigara continuidade da nossa época. ”.

No final da prova, Cristiano Santos, piloto e principal responsável pelo projeto, afirmou que “a prova até que nem correu mal”, acrescentando que “conforme havíamos previsto, esta foi uma prova muito desafiante, mas também muito dura, o que se percebe pela quantidade de abandonos, por acidente ou avaria. Preferimos jogar pelo seguro, e estamos ainda mais confiantes para a próxima prova do nosso calendário, o Rali de Lisboa. Dentro do que nos propusemos, saímos daqui satisfeitos!”

[Imagem: José Cardoso Guerreiro e João Paulo Pedroso]

Leia também

Comentário