Palácio de Mafra | Conferência dedicada à música e instrumentos musicais chineses

 

O Palácio Nacional de Mafra foi palco da “5th Lisbon Conference: Chinese Music and Musical Instruments”, uma conferência dedicada à música e instrumentos musicais chineses.

De acordo com a organização, estes encontros têm como principais objetivos “sensibilizar o meio académico, atendendo à inexistência do ensino dessa disciplina nas universidades, conservatórios e academias de música portugueses e a importância de, num futuro próximo, poder vir a ser implementado, em Portugal, o ensino da música e dos instrumentos musicais chineses e asiáticos no âmbito da performance, no contexto da etnomusicologia e da musicologia histórica”.

A conferência pretende ainda a “divulgação da música e dos instrumentos musicais chineses junto do público generalizado”.

A edição deste ano realizou-se nos dias 9 e 10 de maio, em Lisboa no Centro Científico e Cultural de Macau e em Mafra no Palácio Nacional de Mafra, respetivamente. Participaram na conferência “renomados etnomusicólogos, musicólogos, músicos e calígrafos, provenientes de sete países e, ainda, de doze académicos, investigadores e músicos portugueses”.

A conferência encerrou em Mafra, com música, como não podia deixar de ser. O programa musical intercultural diversificado integrou desde canções interpretadas em patuá (dialeto de Macau), aos cordofones dedilhados chineses.

Leia também

Comentário