Maio de 1892 | Família Real passa 3 dias em Mafra

 

A 3 de maio de 1892, às 9 da manhã, uma comitiva real chega a Mafra para passar 3 dias, esperada entre outros, pelas autoridades locais, pela habitual guarda de honra de caçadores e pela Fanfarra Mafrense.

A comitiva era composta pelo rei D. Carlos e pela rainha D. Amélia, pela princesa Helena de Orleães, pelo conde da Ribeira, por D. Isabel Galveias, pelo conde de Ficalho, pelo general Folque e por Roberto Ivens.

Esta estadia ficou a dever-se à mudança do mobiliário do Paço de Belém para o das Necessidades, local onde a família real passaria a residir.

Durante esta estadia em Mafra a família real passeará e caçará na Real Tapada, D. Amélia irá dedicar-se a recolher flores no jardim da Real Tapada e dos campos, enquanto D. Carlos assiste a exercícios da Escola Prática de Infantaria, na carreira de tiro.

Suas Majestades partem para Lisboa no comboio das 21h00 do dia 5 de maio.

Leia também

Comentário