Caso de legionella detetado no Hospital de Torres Vedras

Hospital Torres Vedras

 

As instalações sanitárias do serviço de Medicina B do Hospital de Torres Vedras foram encerradas devido à deteção da bactéria Legionela naquelas instalações. A confirmação da deteção do microrganismo e do encerramento do serviço foi confirmada admitida pelo Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) ao Correio da manhã.

O CHO garantiu àquele jornal, que “nenhuma pessoa contraiu a bactéria Legionela” e que comunicou a situação à Autoridade de Saúde Local estando a cumprir “as recomendações da mesma“. Acrescentando ter efetuado “desinfeção térmica, purgas, substituição de cabeças de torneiras, de chuveiros e preletores”.

Neste momento, o CHO aguarda pelo resultado das análises a novas amostras que foram já enviadas para análise, de modo a “adequar o procedimento, perspetivando-se a abertura dos pontos de água, assim que os resultados o permitam“.

O caso veio a público após queixas enviadas ao CM que relatavam que “os doentes são obrigados a fazer as necessidades em arrastadeiras, mesmo os que conseguem caminhar”.

Leia também