Ficou em prisão preventiva o homem que em Mafra matou a avó com 40 facadas

 

Na manhã do dia 15 de dezembro, em Gonçalvinhos, no concelho de Mafra, um homem de 22 anos matou a sua avó, uma idosa com 82 anos.

De acordo com a Polícia Judiciária (PJ), o crime ocorreu na residência da vítima e foi “executado através de múltiplos golpes de arma branca – cerca de 40 (…)” tendo o agressor deslocado se a casa da vítima “aparentemente já com o propósito de agredir mortalmente a mesma, por razões ainda não concretamente determinadas”.

A PJ, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, procedeu à “identificação e detenção fora de flagrante delito” do suspeito, que após ter sido presente a primeiro interrogatório judicial, ficou em prisão preventiva.

O agora detido estaria a pensar viajar para fora do país, mas como ficou gravemente ferido no decurso do ato criminoso, dirigiu-se ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde veio a ser detido.

Leia também