Mafra | Centro Histórico vai ter sistema de videovigilância

 

Irá amanhã ser apresentado à discussão e aprovação na sessão de câmara, um Protocolo de Cooperação entre o Município de Mafra e a Guarda Nacional Republicana, para a coordenação e utilização do Sistema de Videovigilância no Centro Histérico da Vila de Mafra.

Tendo em conta que a declaração do Real Edifício de Mafra como Património Mundial da UNESCO representará um aumento da procura turística e que “a mesma pode, por outro lado, conduzir a um aumento do risco quanto à proteção e segurança de pessoas e bens, potenciando, ainda, a possibilidade de ocorrência de outro tipo de ilícitos [tendo ainda em conta que] brevemente será instalado neste edifício, o “Museu Nacional da música”, o que, previsivelmente, resultará num aumento do número de visitantes […] a câmara de Mafra decidiu celebrar um protocolo de cooperação com a GNR,

Os objetivos deste protocolo passam pela “concretização a implementação e ativação de um sistema de videovigilância de locais públicos, nas imediações do Palácio Nacional de Mafra, no Terreiro D. João V, no Largo do Conde de S. Januário, e na Praça da República, bem como nos acessos rodoviários e pedonais a estas áreas […].

A celebração deste protocolo funda-se ainda na lei que determina, ser a força de segurança com jurisdição na área de captação de imagens e sons, que tem a responsabilidade do seu tratamento. À câmara competirá adquirir e instalar o sistema de videovigilância.

Uma vez que o índice de criminalidade no concelho é baixo, de resto como acontece no resto do território nacional, a instalação de câmaras de videovigilância terá sobretudo um efeito dissuasor, e pode ser que ajude as autoridades (Polícia Municipal e GNR) a reprimir o estacionamento reincidente e quase provocatório, de veículos de duas rodas em cima dos passeios fronteiros ao palácio.

 

 

Leia também

One Thought to “Mafra | Centro Histórico vai ter sistema de videovigilância

  1. Mauricio Cntte

    Excelente a execução deste importante protocolo , que irá garantidamente beneficiar e fazer com que haja uma maior estabilidade e segurança em toda a área circundante do importante “Convento de Mafra” , icone fundamental da região e além do mais património mundial , e em que o conselho de Mafra se tem que se orgulhar conservar e preservar , e vendo e pensando bem , porque sem “Ele” o que seria da região ?!?!

Comments are closed.