Vacinas da Gripe e da covid-19| Autoagendamento para maiores de 70 anos já disponível - 350 mil vacinas já agendadas

 

A Direção-Geral da Saúde (DGS) refere em comunicado que o processo de vacinação contra a gripe e a administração da dose de reforço contra a covid-19 “vai acelerar” a partir de hoje, estando agendadas cerca de 350 mil vacinas contra a gripe para os próximos dias.

Foram já vacinadas cerca de 811 mil pessoas contra a gripe, das quais, quase 271 mil receberam a vacina nas farmácias.

A DGS refere ainda, que “dos 1.500.000 utentes que estarão elegíveis para a dose de reforço até meados de dezembro, cerca de 840.000 encontram-se elegíveis à data de hoje, estando já vacinados aproximadamente 351.000, ou seja, 42%. Dos sobrantes, mais de 35.000 estão já agendados para os próximos dias.”.

A partir de hoje, no Portal COVID-19, já é possível efetuar o autoagendamento da administração das duas vacinas em simultâneo para pessoas com 70 ou mais anos.

Também a partir de hoje, as pessoas com 80 ou mais anos podem deslocar-se a um Centro de Vacinação em regime de Casa Aberta e pedirem para ser vacinadas com a dose de reforço da vacina contra a covid-19 e/ou com a vacina contra a gripe.

Além disso, os utentes continuam a ser convocados através de uma SMS para a toma em simultâneo da vacina contra a gripe e contra a COVID-19 ou apenas para a vacina contra a gripe (se não forem elegíveis para COVID-19).

De referir, que os utentes elegíveis para a dose de reforço contra a covid-19 são os utentes com idade igual ou superior a 65 anos e que já completaram o esquema vacinal há pelo menos 180 dias. São ainda elegíveis os utentes com menos de 65 anos com condições de imunossupressão, que sejam habilitados pelo seu médico, mediante uma declaração eletrónica.

Quer por agendamento, ou por convocatória através de SMS, no centro de vacinação, o utente poderá optar pela toma de ambas as vacinas ou de apenas uma delas ficando a outra agendada para 14 dias depois.

A DGS recorda que “a vacinação contra a gripe e a COVID-19 é essencial para minimizar o risco de propagação do vírus SARS-CoV-2 e do vírus da gripe, e para diminuir a ocorrência de doença grave. A vacinação é muito importante especialmente nesta altura do ano, em que é expectável a co-circulação de vários vírus respiratórios e em que se poderá verificar igualmente o impacto das temperaturas baixas na saúde da população.”.

86% da população já tem a vacinação primária completa contra a covid-19 e 351 mil pessoas já têm a terceira dose ou dose adicional desta vacina.

 

Leia também