Os Esquilos Vermelhos são os mais recentes moradores da Tapada Nacional de Mafra

 

A Tapada Nacional de Mafra confirmou que os “esquilos vermelhos escolheram a floresta encantada para viver”, tendo sido “avistados vários indivíduos por diversos visitantes e elementos da nossa equipa técnica, para além dos vestígios reconhecidos”.

Estes esquilos têm uma cauda felpuda e tufos de pelos das orelhas. Apesar de serem designados como esquilos vermelhos, a sua coloração varia com a estação do ano e com a sua localização, podendo variar do preto, ou  cinzento ao vermelho. Tem um comprimento de 19 a 23 cm (excluindo a cauda), uma cauda entre 15 e 20 cm de comprimento e um peso entre 250 e 340 g.

Os esquilos estiveram extintos durante centenas de anos em Portugal devido à destruição e fragmentação dos habitats florestais, mas em 2017, um estudo do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro permitiu concluir que os esquilos estão definitivamente de volta ao território nacional, sendo os esquilos vermelhos (Sciurus vulgaris) a única espécie de esquilos presente em Portugal.

A equipa técnica da Tapada Nacional de Mafra afirma estar muito satisfeita, pois o fato dos esquilos escolherem a Tapada de Mafra para viver “é reflexo da boa saúde da nossa floresta e é o resultado das boas práticas ambientais” e diz acreditar que esta espécie “terá sucesso e se manterá na Floresta Encanta, pois, aqui encontra condições de alimentação excecionais e muitos abrigos”.

Na Tapada de Mafra estes pequenos roedores que gostam de sementes de árvores, cogumelos, ovos de pássaros, bagas, rebentos de plantas e de pinhas, as pinhas são o seu alimento preferido, tem de ter cuidado com as aves de rapina que por aqui habitam… pois, estas são seus predadores naturais.

Os esquilos são solitários, tímidos e relutantes em partilhar comida e quando as pinhas não são consumidas no momento em que as encontram, armazenam-nas em buracos ou no solo, para poder come-las mais tarde, mas muitas vezes ficam esquecidas, tornando-se o esquilo num importante dispersor de sementes desempenhando um papel muito importante na regeneração e manutenção das florestas.

Os esquilos são ainda capazes de remover a casca de árvores para aceder à seiva e de colecionar cogumelos e secá-los em árvores.

 

   

Leia também