Residem em Portugal 10 347 892 pessoas, a maioria do sexo feminino e o interior está cada vez mais despovoado

 

O INE (Instituto Nacional de Estatística) divulgou hoje os resultados preliminares dos Censos 2021.

Variação da população residente, 2011 – 2021

Os censos revelaram que vivem atualmente em Portugal 10 347 892 pessoas representando um decréscimo populacional de 2,0% relativamente aos últimos censos (2011), verificando-se que a população portuguesa se concentra cada vez mais no litoral e junto de Lisboa, com a Área Metropolitana de Lisboa e o Algarve à cabeça e o Alentejo é a região do país que mais perde população.

Mafra faz parte dos  5 municípios que registaram variações populacionais mais significativas mostrando o 2.º maior crescimento populacional entre 2011 e 2021, apenas suplantado por Odemira.

No extremo oposto estão os concelhos Barrancos, Tabuaço, Torre do Moncorvo e Nisa.

Os 10 Municípios mais populosos são Lisboa, Sintra, Vila Nova de Gaia, Porto, Cascais, Loures. Braga, Almada, Matosinhos e Oeiras e embora se verifique um decréscimo populacional, o total de agregados familiares cresce ligeiramente em todo o país, à exceção do Alentejo, onde o seu número decresceu 3,6%. No entanto, a dimensão média dos agregados é de 2,5 pessoas, valor que se reduziu em 0,1 face ao valor de 2011.

O número de edifícios e de alojamentos destinados à habitação registou um ligeiro crescimento, no entanto, o crescimento do parque habitacional entre 2011 e 2021 é bastante inferior ao verificado na década anterior.

 

 

   

Leia também