Sintra | GNR encerra festa rave ilegal com mais de 300 pessoas

guarda nacional republicana

 

O Destacamento Territorial de Sintra da Guarda Nacional Republicana (GNR) terminou, na madrugada de 10 de julho, com uma festa ilegal com mais de 300 pessoas, no concelho de Sintra.

Depois de uma denúncia anónima, pelas 01h20, os militares da GNR deslocaram-se ao local, uma zona pública do concelho de Sintra, onde constataram a veracidade da denúncia, dado que naquele lugar decorria uma rave party – previamente anunciada nas redes sociais – onde estariam cerca de 300 pessoas.

A festa, que decorria em desrespeito às medidas vigentes para a contenção da pandemia COVID-19, foi de imediato cessada, o organizador do evento e respetivo staff foram identificados para serem posteriormente levantados os respetivos autos de contraordenação e o auto de notícia.

Nesta operação policial foi ainda apreendido todo o material de som.

Já ontem foi notícia uma megaoperação, desta feita da PSP, para terminar com uma festa ilegal com mais de 500 pessoas, que decorria num discoteca do Seixal, na margem sul do Tejo.

   

Leia também