No Dia Europeu da Música conheça a Sala da Música do Palácio de Mafra [em Imagens]

 

Assinala-se hoje, 21 de junho, o Dia Europeu da Música.

A música é um elemento essencial na vida de muitas pessoas no mundo, porque como diz a letra de uma conhecida canção:

(…) Há sempre música entre nós
Nós a cantar não estamos sós(…)

A data escolhida, o dia tradicional do solstício de verão, teve por objetivo trazer os músicos para as ruas, praças, parques, terraços e jardins.

Foi na França, em 1982, que por iniciativa do então ministro da cultura, se celebrou o primeiro Dia Europeu da Música. A ideia de Jack Lang era dedicar um dia à música, um dia em que a música pudesse acontecer nos locais mais diversos.

No ano seguinte, pela Europa fora, cerca de 200.000 músicos encheram ruas, praças e parques para assinalar o dia. Atualmente, mais de mil cidades de cento e vinte países no mundo, juntam-se anualmente para “festa da música“.

No Palácio Nacional de Mafra há uma sala dedicada à Música, a sala da música, sala amarela ou sala de receção. Situada na ala sul do edifício, era aqui que a família real recebia os seus convidados, depois de D. Pedro V abolir o tradicional beija-mão real nas datas festivas.
Na sala da música encontram-se dois pianos ingleses do século XIX, um piano de cauda Joseph Kirkman e um piano de mesa Collard & Collard.

O Palácio tem ainda a salinha dos instrumentos musicais (no mesmo corredor da ala sul onde se situa a sala da música), em que se encontra uma coleção de instrumentos com embutidos de diversas madeiras, oferecidos a D. Carlos e D. Amélia em 1901, durante uma visita à ilha da madeira.

   

Leia também