Termina hoje a fase de resposta aos Censos 2021

PUB

Termina hoje a fase de resposta aos Censos 2021.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) afirma que “a participação empenhada de toda a população” que esta fase dos Censos durasse apenas 6 semanas após o momento censitário que ocorreu a 19 de abril.

Numa operação que tece início a 5 de abril, os recenseadores do INE distribuíram mais de 4,5 milhões de cartas contendo os códigos que permitiam responder aos Censos, sendo que 99,3% das respostas ocorrerem por via digital, só 4,1% das respostas foram obtidas nas Juntas de Freguesia e as respostas em papel foram residuais, 0,4% do total, em contrate com aquilo que ocorreu nos censos de 2011, onde as recolhas em papel atingiram 50% do total de respostas. A recolha no terreno mobilizou cerca de 15 mil pessoas, tendo envolvido os recenseadores e as autarquias locais.

O INE informa ainda, que “tratando-se de um recenseamento da população e habitação, de resposta gratuita e obrigatória, é necessário assegurar que todas as pessoas contam pelo que, após o dia 31 de maio, as equipas de recolha vão contactar e notificar os alojamentos que não responderam dentro do prazo estabelecido. Só em último caso, quando de recusa absoluta em responder aos Censos 2021, o INE irá aplicar as coimas previstas na lei”.

Em meados de agosto serão conhecidos os dados preliminares dos Censos 2021 e só no último trimestre de 2022 será possível ter acesso a dados definitivos.

O Jornal de Mafra dedicou vários artigos aos Censos 2021 abordando também a forma como decorreram os Censos 2021 no concelho de Mafra, tendo pedido informação adicional ao INE, a qual contamos apresentar brevemente aos nossos leitores.

 

Leia também