Mafra | Reunião do executivo discutirá contas de empresas e associações e oferecerá subsídios e apoios

PUB

Realiza-se amanhã uma reunião pública do executivo municipal de Mafra. Dos vários assuntos que fazem parte da ordem de trabalhos da reunião destaca-se a apresentação das contas de 2020 referentes às seguintes entidades, que a Câmara Municipal de Mafra identifica expressamente, como “as seguintes entidades detidas pelo Município de Mafra”:

GIATUL (empresa municipal), Caixa de Crédito Agrícola Mutuo de Mafra (entidade bancária), Matadouro Regional de Mafra, Tapada Nacional de Mafra, Associação de Município de Cascais, Mafra, Oeiras e Sintra para o Tratamento de Resíduos (Tratolixo), Associação de Municípios para o Gás e Associação de Turismo de Lisboa.

Ao Grupo de Cavaquinhos “Os Incríveis do Oeste” será atribuído um subsídio de 2.500 € para gravação de CD.

Entre 1 e 16 de julho decorrerão as candidaturas para a atribuição de 43 bolsas de estudo no domínio da música respeitantes aos seguintes cursos de instrumento: canto (4), carrilhão (1), clarinete (1), contrabaixo (1), flauta transversal (6), guitarra (1), órgão (2), percursão (1), piano (9), saxofone (4), tuba (1), trompa (1), trompete (2), violoncelo (2) e violino (6). Para atender ao pagamento destas bolsas de estudo, o município disponibiliza 26 500 € em 2021 e 31 800 € em 2022.

Tendo em conta a próxima abertura da época balnear no concelho (12 de junho a 12 de setembro), a câmara de Mafra irá financiar os concessionários das praias nos custos referentes à contratação de nadadores-salvadores, em 1/3 dos valores totais, representando 1 450 € por cada nadador-salvador contratado (com seguro e subsídio de refeição incluídos), num total de 30 450 € atendendo a que se prevê a contratação de 21 nadadores-salvadores nesta época balnear.

Os 21 nadadores-salvadores serão distribuídos do seguinte modo, pelas praias do concelho: 4 para a Praia da Foz do Lizandro, 5 para a Praia do Sul, 2 para a Praia dos Pescadores, 2 para a Praia do Algodio, 2 para a Praia de Ribeira d’IIhas, 2 para a Praia dos Coxos, 2 para a Praia de S. Lourenço e 2 para a Praia da Calada.

Ainda no contexto da segurança das praias, também os Bombeiros Voluntários da Ericeira irão beneficiar de um subsídio de 4 800 € destinado a custear a contratação de um nadador-salvador e a utilização de uma viatura de socorro que irá focar a sua vigilância nas praias não vigiadas e acompanhar os nadadores-salvadores das restantes praias.

Tendo em conta o facto de a câmara de Mafra ser gerida por maioria absoluta, a aprovação dos pontos da sua ordem de trabalhos estará, em circunstâncias normais, assegurada.

 

 

Leia também