Surf | Surfistas da Ericeira na 3.ª etapa da Liga MEO Surf

A 3.ª etapa da Liga MEO Surf é a principal prova de surf em Portugal e aquela que define os títulos de campeões nacionais da modalidade.

Os vencedores da prova nortenha foram Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot.

“O Porto é a etapa que mais gosto, porque tenho aqui muitos amigos e sinto-me praticamente em casa. Na final o Halley Batista começou bem, enquanto eu estava um pouco perdido, mas mantive a minha estratégia e limitei-me a esperar pela onda certa e surfar o melhor que sei. Este triunfo dá uma motivação extra para os campeonatos importantes que se seguem, deixando-me mais preparado e com mais ritmo. Quanto ao título, todos anos acredito que vou consegui-lo. Este ano estou bem posicionado e só dependo de mim, podendo fazê-lo na Praia Grande, que é um sítio em que treino frequentemente e que também gosto muito”, referiu Vasco Ribeiro no final da prova.

“Adoro o Porto. Sempre gostei muito desta etapa e foi aqui que consegui a minha primeira vitória na Liga MEO Surf, em 2013. Adoro o ambiente, a forma como nos apoiam e como adoram o surf. Tenho imensas pessoas daqui a enviar mensagens de apoio. É algo inspirador para nós. Sempre que cá venho também tenho a sorte de apanhar boas ondas. Foram dois dias de grandes ondas. Foi uma ótima etapa e este triunfo dá uma ajuda para os próximos campeonatos, que vão ser do circuito mundial de qualificação e o Mundial ISA, onde se discute a qualificação olímpica”, são palavras Teresa Bonvalot após a prova.

Na Praia de Leça da Palmeira foram 16 os surfistas do Ericeira Surf Clube (ESC) que participaram na prova masculina e 2 na prova feminina.

Na prova feminina Camila Cardoso foi eliminada na 2.ª ronda e Carina Duarte na 3.ª ronda.

Na prova masculina Afonso Antunes foi o atleta da Ericeira a chegar mais longe tendo sido eliminado nas meias finais por Halley Batista (11,05 contra 12,8 pontos).

Nos quartos de final da prova ficaram Tomás Fernandes e Gony Zubizarreta. Salvador Costa, João Vidal, Arrang Strong foram eliminados na 2.ª ronda. Da 1.ª ronda não passaram Francisco Queimado, Henrique Pyrrait, José Maria Bispo, João Crespo, Diego Alves, Martim Carrasco, Gabriel Ribeiro, Rodrigo Chaves, José Maria Ribeiro e Sebastião Ramirez.

O Ericeirense Tomás Fernandes alcançou o 3.º lugar do ranking e arrecadou um wildcard para o QS3000 de Santa Cruz, que lhe dá entrada direta para a ronda 3 da prova que arrancará na próxima 3.ª feira.

O ranking nacional masculino conta com dois surfistas do ESC: Afonso Antunes no 2.º lugar e Tomás Fernandes no 3.º lugar. Carina Duarte ocupa o 3.º lugar do ranking feminino.

A Liga MEO Surf segue para a Praia Grande, onde, entre 25 e 27 de junho se realiza o Allianz Sintra Pro, a 4.ª e penúltima etapa da Liga MEO Surf 2021.

 

   

Leia também