Carlos Bernardes Presidente da Câmara de Torres Vedras encontrado morto em sua casa

Carlos Bernardes Presidente da Câmara de Torres Vedras perdeu hoje a vida na sua residência, tendo sido encontrado durante a tarde, com um golpe de faca no pescoço. Desconhece-se, neste momento, a origem dos ferimentos que causaram a morte a Carlos Bernardes.

No local encontram-se 9 operacionais apoiados por 5 viaturas. A GNR tomou conta da ocorrência e a Polícia Judiciária já estará no local.

Carlos Manuel Antunes Bernardes tinha 53 anos, residia no Turcifal, Torres Vedras, era presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras desde 1 de dezembro de 2015, ano em que substituiu Carlos Miguel, que deixou a presidência da câmara para assumir funções governativas. Vice-Presidente da Câmara, de 2005 a 2015, foi Vereador da Câmara Municipal de Torres Vedras assumindo os Pelouros de Ambiente e Serviços Urbanos, de 2003 a 2005. Vereador com o Pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, de 1997 a 2001.
Foi Secretário da Junta de Freguesia do Turcifal, entre 1989 a 1997.

Entre 1986 a 1993 desempenhou funções como Guia Transferista na Empresa Intercentro.

A Câmara Municipal de Torres Vedras declarou 5 dias de luto municipal, a partir de hoje.

Segundo a Lei n.º 169/99, que regula o funcionamento das autarquias, Carlos Bernardes será substituído na presidência da Câmara de Torres Vedras por Laura Maria Jesus Rodrigues, atual vice-presidente e número 2 na lista de candidatos do PS à câmara.

Lei n.º 169/99
Artigo 59.º

1 – No caso de morte, renúncia, suspensão ou perda de mandato de algum membro da câmara municipal em efectividade de funções, é chamado a substituí-lo o cidadão imediatamente a seguir na ordem da respectiva lista, nos termos do artigo 79.º

 

Leia também

Comentário