Autárquicas 2021 | Torres Vedras – Duarte Pacheco candidato pelo PSD usou alegadamente morada falsa para obter subsídio

A utilização de moradas falsas por alguns deputados, de modo a terem acesso a mais substanciais subsídios de deslocação, não é propriamente uma novidade.

Depois de a deputada do Bloco de Esquerda, Sandra Cunha, eleita em 2015 e 2019, ter ontem renunciado ao mandato, após ter sido anunciado que contra ela iria ser movido um processo por peculato relacionado com a alegada comunicação à Assembleia da República, de uma morada de residência diferente da morada onde realmente reside, soube-se hoje, que outros 9 deputados se encontram na mesma situação.

Para que os deputados possam ser processados, o Ministério Público tem de obter do parlamento o levantamento da imunidade, pedido de levantamento que já deu entrada no caso de Sandra Cunha e de outros 9 deputados, João Almeida do CDS, Pedro Roque, Duarte Pacheco, Paulo Neves e Carla Barros do PSD, Elza Pais, Nuno Sá e Fernando Anastácio do PS, todos eles acusados de, alegadamente, terem comunicado moradas falsas ao parlamento.

Duarte Rogério Matos Ventura Pacheco é economista e deputado do PSD, eleito por Lisboa, e será o candidato do seu partido à presidência da Câmara Municipal de Torres Vedras nas próximas eleições autárquicas. Já em novembro de 2018, a Procuradoria-Geral da República confirmara à revista “Visão” “que está a investigar os casos de deputados que declararam moradas que não correspondem às suas residências efetivas, recebendo indevidamente ajudas de custo e despesas de deslocação“, no mesmo artigo revelava-se que “também os deputados Elza Soares (PS), Heitor Sousa (BE), Duarte Pacheco (PSD) ou Clara Marques Mendes (PSD) terão recebido apoios, apesar de viverem em Lisboa”

[imagem:PSD]

 

 

   

Leia também

One Thought to “Autárquicas 2021 | Torres Vedras – Duarte Pacheco candidato pelo PSD usou alegadamente morada falsa para obter subsídio”

  1. Mauro

    VERGONHA , “isto” é um ESCANDALO e uma VERGONHA sem fim , é este o país dominado e controlado por parasitas que engordam á custa do país / povo dos mais pobres da Europa . Sim daquela Europa que alimenta este Portugal com Milhões de Milhões , mas que se “evaporam” nos bolsos desta escumalha via elefantes brancos (que bem sabemos quem são !!!) , cirúrgica e propositadamente criados para serem a via da corrupção destes vampiros

Comments are closed.