Poeiras vindas de África podem provocar “chuva de lama” em Portugal durante o dia de hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê que poeiras presentes na atmosfera, vindas do norte de África, que se tornaram visíveis durante o fim de semana, possam sofrer “um aumento significativo da concentração” nos céus de Portugal Continental, a partir de hoje 29 de março. Segundo o IPMA o fenómeno iniciar-se-á “a sul mas a estender-se a todo o território ao longo do dia”.

Para amanhã, as previsões apontam para que as concentrações de poeira continuem muito elevadas, na 4ª feira “assistiremos a uma diminuição da concentração e apenas na quinta feira, 1 de abril, se prevê que sejam residuais as poeiras sobre o território”.

Por estes dias “o céu deverá apresentar uma tonalidade acinzentada”, mas a presença de nuvens altas poderá tornar esse efeito “menos discernível”. A luz solar será também afetada, com um efeito de filtração constante, mesmo em períodos de menor nebulosidade.

As poeiras estão a chegar a Portugal Continental “através da circulação induzida por uma depressão em altitude” que afetou o território do arquipélago da Madeira e agora se encontra em “deslocação na direção do Continente”

Esta depressão traz alguma instabilidade esperando-se aguaceiros dispersos durante o dia de hoje. O IPMA refere ainda que a “precipitação, associada à presença de poeiras em altitude, poderá resultar na deposição de algumas poeiras no solo, no que popularmente se designa por “chuva de lama”.”

 

   

Leia também