Muro da Tapada Nacional de Mafra foi restaurado

D. João V (1706-1750) decidiu vedar a área da Tapada Nacional de Mafra, para promover na envolvente do Palácio e a criação de um espaço de lazer, bem como, para assegurar o fornecimento de água, lenha e alimentos. A construção do muro que rodeia a Tapada Nacional de Mafra, com 21 km e mais de 3 metros e meio de altura, terá demorado cerca de 3 anos (entre 1744-1747) a ficar concluído.

A Tapada Nacional de Mafra ainda existe ao fim de 274 anos graças à existência deste muro, sem ele não teria sido possível manter a biodiversidade que nela podemos encontrar.

A Tapada anunciou hoje que o muro tem vindo a ser alvo de manutenção e que “terminaram agora as obras de restauro no local mais visível e de maior risco, entre a entrada da Tapada Nacional de Mafra e a Murgeira (N9-2)”.

De acordo com a Tapada “esta obra, fez parte de uma série de investimentos e melhorias que a TNM está a fazer, tendo contado com o apoio financeiro do Fundo Ambiental”.

[Imagens: TNM]

   

Leia também