COVID19 | Torres Vedras pede ajuda internacional ao Ministro dos Negócios Estrangeiros

O presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, em coordenação com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste solicitou hoje ao Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, a ativação de ajuda internacional para o controlo da pandemia no concelho de Torres Vedras, ajuda que deverá refletir-se num “reforço dos recursos humanos do Hospital de Torres Vedras, com cinco médicos e dez enfermeiros“.

Este pedido resulta, segundo a Câmara Municipal de Torres Vedras, dos problemas sentidos no Hospital de Torres Vedras, que “se encontra numa situação difícil, agravada pela redução de alternativas de resposta nos restantes hospitais da região de Lisboa e do país”.

A Câmara Municipal de Torres Vedras assegurará toda a logística desta operação, bem como a remuneração destes profissionais, “de forma a fazer face a uma situação potencialmente catastrófica“.

A 24 de janeiro, o concelho de Torres Vedras tinha 1.364 casos ativos de covid-19, sendo que o surto associado ao Hospital de Torres Vedras tinha 108 casos ativos e registava 24 óbitos. Estes números eram ainda agravados pela existência de 396 casos ativos e 47 óbitos em 6 lares de idosos do concelho.

 

Leia também