Mural 18 – Programação cultural em rede da Área Metropolitana de Lisboa arranca em janeiro

PUB

A Área Metropolitana de Lisboa (AML) anunciou ontem que os municípios que a constituem, nos quais se incluem Mafra e Sintra, decidiu candidatar-se no âmbito do Programa Operacional Regional de Lisboa 2020, a uma programação cultural em rede, designada Mural 18.

Esta iniciativa. que contará com uma comparticipação financeira de 1,5 milhões de Euros, por parte do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, unirá agentes culturais, municípios e cidadãos, em defesa da comunidade artística e do património cultural dos concelhos que constituem a AML.

Esta iniciativa assume uma especial importância neste momento em que, como o resto da sociedade portuguesa, as entidades culturais passam por grandes dificuldades, sendo neste contexto, que “os municípios da área metropolitana de Lisboa, de uma forma unânime, concertaram sinergias e vontades, e montaram uma programação com impacto na subsistência de quem faz da cultura a sua vida, mas que é também uma tomada de posição clara acerca da importância das atividades culturais na vida da nossa comunidade”.

Este programa inicia-se em janeiro de 2021, prolongando-se até maio do mesmo ano, consistindo sobretudo “num conjunto de eventos em múltiplas áreas artísticas (música, teatro, dança, artes de rua, etc.), prioritariamente ao ar livre e em espaços que valorizem o património cultural e paisagístico do nosso território, contemplando, sempre que possível, ações de itinerância

O programa concreto será conhecido brevemente.

Leia também