Torres Vedras | Tem início amanhã o V ciclo de órgão de Torres Vedras

O V Ciclo de Órgão de Torres Vedras é definido por Daniel Oliveira, diretor artístico do evento, como “uma festa do Órgão em Torres Vedras, que honra o seu público com qualidade, diversidade e dinamismo em prol do seu património histórico”.

Neste ano, marcado pela pandemia, Daniel Oliveira afirma que “a arte deve assim assumir um papel de conforto e energia positiva perante a sociedade”.

O V Ciclo de Órgão de Torres Vedras é composto por 3 grandes concertos e 4 mini concertos “à la carte” (15 min – às 5ª feiras, pela hora do almoço) realizando-se, como é habitual, na Igreja da Misericórdia, em Torres Vedras.

Os concertos e mini concertos são de entrada gratuita, mas tem uma lotação máxima de 40 pessoas, sendo por isso necessário efetuar a reserva de lugares (261 320 760 ou cultura@cm-tvedras.pt).

Os 3 grandes concertos terão transmissão online (na página da Câmara Municipal de Torres Vedras, bem como do canal de Youtube desta entidade).

Em nome de uma cultura segura, respeitando todas as normas para se realizar em segurança, este ciclo é também um sinal de esperança para toda a sociedade, apresentando momentos de grande emoção, mas também de partilha e de conforto para todos os que assistirem.” [Daniel Oliveira]

O programa desta edição é o seguinte:

  • 5 de novembro (5ª feira)
    13h15 – Concerto “à la carte”
  • 12 de novembro (5ª feira)
    13h15 – Concerto “à la carte”
  • 19 de novembro (5ª feira)
    13h15 – Concerto “à la carte”
  • 26 de novembro (5ª feira)
    13h15 – Concerto “à la carte”

 

22 de novembro (domingo)
16h00 – A dança como matriz da música para órgão e música de câmara / Concerto de Santa Cecília

Um interessante programa que contempla um conjunto de peças, quer originais quer transcrições, as quais têm como origem a dança. Abordando a suite renascentista e barroca, serão apresentadas obras de vários compositores europeus como Claude Gervaise, G. F. Haendel, Bernardo Storace ou Bernardo Pasquini.

Um recital com um programa bastante vivo e divertido, que faz alusão à dança e à prática da transcrição.

Violino: Zófia Pajak  / Órgão: Daniel Oliveira

 

20 de dezembro (domingo)
16h00 | A música sacra de Carissimi e a tradição Natalícia / Concerto de Natal

Um concerto dedicado essencialmente à figura de Giacomo Carissimi (1605-1674), uma das principais figuras do barroco inicial italiano, no qual se escutará uma missa para coro masculino e ensemble instrumental.

De referir que no barroco inicial, a relação entre a palavra, a música e os afetos era fortíssima, conferindo dramatismo e uma retórica musical ímpar.

O programa deste concerto é também composto por peças alusivas à quadra natalícia.

Coro Masculino Luís António Maldonado Rodrigues
Alunos e Professores da Escola de Música Luís António Maldonado Rodrigues
Direção musical: João Carlos Perdigão

 

24 de janeiro (domingo)
16h00 | Candlelight concert / Concerto de homenagem aos profissionais de saúde

Candlelight concert é o mote para este recital, onde o étnico e o clássico se tocarão. Portugal e Polónia unem-se nesta ocasião, homenageando todos os profissionais de saúde e o seu esforço, dedicação e amor em tempos de pandemia.

Este concerto contará com a presença do organista polaco Norbert Itrich, que executará música antiga europeia, assim como com a do Coro Notas d`Alta, do Hospital Dona Estefânia, que interpretará algumas peças de inspiração mariana e espirituais negros.

Um momento fortemente emotivo, à luz das velas, onde a meditação e a comunhão estarão bem presentes.

Órgão: Norbert Itrich
Coro Notas d`Alta (Profissionais do Hospital Dona Estefânia)

 

[Imagens: CMTV]

 

banner dgs

   

Leia também