Partido Aliança quer presidenciais a decorrer durante três dias

Em nota de imprensa, o Partido Aliança, que teve recentemente o seu congresso em Torres Vedras, defende que as próximas eleições presidenciais desviveriam “decorrer em três dias, de sexta-feira a domingo, para evitar ajuntamentos nas mesas de voto“.

 

As eleições presidenciais deverão decorrer em três dias, de sexta-feira a domingo, para evitar ajuntamentos nas mesas de voto, concluiu hoje a Comissão Executiva do partido Aliança.

Na reunião semanal, o órgão de direção política permanente do Aliança considera que os recentes desenvolvimentos da pandemia COVID 19 aconselham um redobrado cuidado e prudência na preparação do próximo ato eleitoral, garantindo simultaneamente a desejável participação popular e condições de segurança para os todos os intervenientes, dos eleitores aos membros da assembleia de voto.

Admitindo que o tempo que medeia pode não possibilitar a implementação de um desejável mecanismo de voto eletrónico que combata a abstenção, através das caixas da rede Multibanco ou de computadores pessoais com uso de senhas de autenticação dos eleitores, o Aliança sublinha que ao Estado compete criar todos os instrumentos para que nenhum português deixe de votar por receio das condições sanitárias em que as eleições vão decorrer.

Este procedimento, conclui o Aliança, deve ser desenvolvido e divulgado pelo Governo desde já, pois não é aceitável que após a marcação do ato eleitoral se mudem as regras com que todos os candidatos se irão defrontar.

Leia também

Deixe um comentário