A Voz do Leitor | Ninho de vespa asiática na Carvoeira

Serve o presente para reiterar as comunicações já efectuadas da existência de um ninho de vespa Asiática ou Velutina, com cerca de 50 cm de diâmetro, localizado no cimo de um Pinheiro na Rua do Moinho do Prior, ao lado do nº 3, em Carvoeira.

Nos termos da divulgação veiculada no site da Câmara Municipal de Mafra, “A deteção ou suspeita de existência de ninho ou de exemplares desta espécie deverá ser comunicada às autoridades, as quais precederão à identificação e destruição dos ninhos”.

Ora, há mais de um mês que vários munícipes, residentes na Carvoeira, têm vindo a comunicar a existência deste ninho localizado dentro da aldeia da Carvoeira e numa zona habitacional, com todos os perigos daí advindos.

De facto, já foram diligenciadas várias comunicações, quer por contactos telefónicos para o número divulgado do Serviço Municipal de Proteção Civil de Mafra (telefone 800 261 261), quer por comunicação à Junta de Freguesia da Carvoeira bem como à GNR, sem solução.

A informação de que o assunto está a ser “tratado” ou que “terão que aguardar porque temos pessoal de férias”, entre outras, peca por irresponsável e leviana atenta a localização do ninho e o perigo iminente.

Para além dos inúmeros riscos que esta espécie acarreta, expostos designadamente no site da Câmara, é assente a elevada agressividade da mesma, principalmente se existir uma ameaça ou vibração a cerca de cinco metros.

Acontece que o ninho em causa, conforme referido, dista a menos de cinco metros de uma habitação e encontra-se muito perto da estrada nacional 247 e portanto numa zona sujeita a vibrações constantes e onde circulam diariamente vários munícipes e não só. Na aldeia da Carvoeira existem já vários relatos de pessoas que mataram vespas asiáticas nos seus quintais e todos sabemos que, para muitas pessoas, uma picada desta espécie pode ser mortal.

Como diz o povo, “mais vale cautela que arrependimento” e para que não existam remorsos é muito urgente a remoção do ninho supra citado.

Dulce Costa

Leia também

Comentário