Sintra requalifica Quinta da Ribafria e Cocheiras da Quinta da Regaleira

Sintra câmara municipal

Em nota de imprensa, a Câmara Municipal de Sintra informa que o edificado da Quinta da Ribafria e as cocheiras da Quinta da Regaleira irão ser reabilitados, um investimento que orçará os 955 mil euros por parte do município.

No momento da assinatura da consignação destas empreitadas, Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal de Sintra afirmou que “esta iniciativa vai muito para além do que assinamos aqui. Estamos a responder à crise económica com aquilo que devemos fazer, criar emprego, dinamizar o mercado interno, pegar naquilo que temos para investir, porque poupámos, porque soubemos gerir”, revelando depois, que a autarquia de Sintra vai reforçar esta estratégia “nos próximos meses”.

O auto de consignação assinado referente à Empreitada de Recuperação dos Edifícios na Quinta da Ribafria, no valor de 725 mil euros, corresponde à 1.ª fase do projeto de reabilitação da quinta, no total de três períodos. As etapas seguintes a serem alvo de recuperação são os espaços interiores e os jardins.

As intervenções nesta primeira fase vão incidir em três vertentes:

    • Fachadas: remoção total e aplicação de novo reboco com pintura;
    • Janelas e portas: reabilitação, eventual substituição, tratamento de prevenção e isolamento;
    • Coberturas: desmonte e remoção total do existente, com limpeza e isolamento de caleiras; assentamento de nova cobertura com telha nova.

A Empreitada de Reabilitação das Cocheiras da Quinta da Regaleira, um investimento de 230 mil euros, corresponde ao primeiro edifício da Quinta a ser intervencionado de modo mais profundo, seguindo-se para o ano de 2021 a limpeza e recuperação exterior do Palácio da Regaleira.

As intervenções a serem realizadas nas Cocheiras da Quinta da Regaleira incidem em três áreas:

    • Cobertura: limpeza, substituição de telhas danificadas e isolamento;
    • Fachadas: limpeza e restauro de cantarias e outros elementos arquitetónicos; limpeza, reparação e pintura exterior de paredes em alvenaria;
    • Interiores: remodelação dos pisos 1, 2, 3 e sótão e adaptação para serviços.
   

Leia também