Torres Vedras | Consultas externas regressaram ao Centro Hospitalar do Oeste

Hospital Torres Vedras

Devido à pandemia causada pela covid-19, a atividade programada para o 1º semestre deste ano no Centro Hospitalar do Oeste (CHO) sofreu uma queda em relação ao mesmo período de 2019.

Segundo os últimos dados disponibilizados, realizaram-se este ano menos 16% de consultas e 29% de cirurgias, o que significa uma redução de:

  • 74.670 em 2019 para 62.984 em 2020 nas consultas e
  • 3.677 em 2019 para 2.611 em 2020 nas cirurgias

Se por um lado as cirurgias foram retomadas no início de maio, nos hospitais de Caldas da Rainha e Torres Vedras, as consultas presenciais foram reativadas – em maio- nas Caldas da Rainha, mas em Torres Vedras apenas foram reativadas há duas semanas para as especialidades de medicina, cirurgia geral, anestesia, dor, neurologia, cardiologia, pé diabético e infeciologia.

A urgência Covid-19 ocupou o espaço das antigas consultas externas, pelo que o CHO teve de se reorganizar, adquirindo contentores para instalar no estacionamento do hospital. O investimento de 153 mil euros permitiu criar oito gabinetes médicos para as consultas externas, numa área de 194 metros quadrados.

As consultas de pediatria, otorrinolaringologia e oftalmologia ainda não estão a ser realizadas porque necessitam de condições especiais, tais como espaço para o equipamento necessário para a sua realização, quer de espaço para uma sala de espera autónoma, no caso da pediatria.


O Jornal de Mafra e a DGS Aconselham


Mantenha-se protegido
Cuide de si, cuide de todos!


 

   

Leia também