Feira da Malveira | Junta de Freguesia vai colocar a GNR a vigiar permanentemente o uso de máscara e o distanciamento social

Feira da Malveira

Depois da suspensão causada pela pandemia, a Feira da Malveira voltou a realizar-se no dia 7 de maio.

Em junho, a Associação de Feirantes do Distrito de Lisboa fez um apelo aos feirantes, para que estes procedessem à limpeza dos seus espaços, de modo a que a feira se pudesse continuar a realizar em boas condições de salubridade e segurança.

Foi agora a vez da União de Freguesias da Malveira e São Miguel de Alcainça vir deixar um apelo/alerta, uma vez que segundo aquela entidade “continuamos a assistir, esporadicamente, ao desrespeito pelas normas em vigor”.

“Assim e de forma a que a Feira da Malveira não volte a ser suspensa, a União de Freguesias de Malveira e São Miguel de Alcainça apela ao cumprimento escrupuloso das medidas em vigor, sob pena, se tal não se verificar, ser obrigada a adotar posições drásticas com todos aqueles que prevaricarem”

De modo a que os procedimentos adotados sejam cumpridos (nomeadamente o uso obrigatório de máscara ou viseira e o distanciamento, quer por vendedores, quer por compradores), o “acompanhamento pelas forças policiais será em permanência” refere aquela UF.

Imagem de arquivo do Jornal de Mafra


O Jornal de Mafra e a DGS Aconselham


Mantenha-se protegido
Cuide de si, cuide de todos!


Leia também

Leave a Comment