Covid- 19 | Foco do hospital de Torres Vedras teve origem numa utente de um lar de idosos

Hospital Torres Vedras

Na conferência de imprensa de hoje dedicada à situação da covid-19, a secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, revelou que o foco do hospital de Torres Vedras teve origem numa utente de um lar de idosos, que deu entrada nas urgências do Hospital.

Deste caso já resultaram mais 8 casos positivos, encontrando-se a ser testadas as equipas de enfermagem e os utentes que estiveram em contato com essa doente no hospital, bem como os restantes utentes do lar, de modo a triar e poder avaliar o real impacto deste caso.

Por outro lado, a administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) confirma a existência de “cinco casos de infeção por covid-19″, confirmando também que “estão a ser realizados os testes a todos os contactos internos e externos, aguardando-se o resultado dos mesmos”.

O CHO refere que a doente se encontrava assintomática quando deu entrada no Serviço de Urgência, onde foi tratada por queixas relacionadas “com patologias não respiratórias”, tendo sido testada e tendo o teste sido negativo, a doente teve depois alta e regressou ao lar de origem.

A mesma doente regressou ao hospital 24 horas depois, uma vez que a sua situação clínica se agravou, e ai sim, já com queixas respiratórias. Foi novamente testada, tendo desta vez testado positivo.

O CHO refere ainda que “foram cumpridas, nesta situação os procedimentos previstos em época covid”. Encontrando-se a utente assintomática, a  mesma não foi assistida na área criada para o atendimento de doentes com suspeita de infeção.

O Hospital de Torres Vedras dá assistência a vários lares e instituições de idosos sitas no concelho de Torres Vedras e de Mafra.

 

   

Leia também