COVID-19 | Serão 19 as freguesias da Grande Lisboa que verão o controlo reforçado

Serão 19 as freguesias da Grande Lisboa que verão o controlo epidemiológico reforçado, no sentido de controlar o surto de covis-19 que grassa na Grande Lisboa.

O Ministro da Administração Interna confirmou hoje medidas mais severas de controlo para as seguintes freguesias da Área Metropolitana de Lisboa:  todas as freguesias dos concelhos da Amadora e de Odivelas,  seis das freguesias de Sintra (Agualva/Mira Sintra, Algueirão/Mem Martins, Cacém/S. Marcos, Massamá/Monte Abraão, Queluz/Belas e Rio de Mouro), duas de Loures (União das Freguesias de Camarate, Unhos e Apelação) e uma em Lisboa (Santa Clara). Em Lisboa, as freguesias do Lumiar e de Marvila embora apresentem um número elevado de casos, não fazem parte desta lista.

Nestas freguesias valem e continuarão a valer os critérios que caraterizam o estado de calamidade. Haverá reforço da monitorização dos doentes infetados, com o envolvimento acrescido dos serviços de saúde pública, de ação social e das autoridades policiais, de modo a impor que esses doentes se mantenham nas suas casas, procurando assim suster o alastramento do contágio á comunidade.

As medidas anunciadas ontem pelo governo valem para toda a Área Metropolitana de Lisboa, onde estão proibidos ajuntamentos de mais de 10 pessoas (no resto do país, o limite é de 20 pessoas) e os estabelecimentos que não sirvam jantares terão de encerrar encerrar às 20h.

 

 

   

Leia também