Poeiras do deserto do Sáara podem atingir a Península Ibérica

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê que poeiras vindas do deserto do Sáara possam atingir a Península Ibérica amanhã, dia 23 de junho.

O IPMA refere que “as tempestades de areia no deserto do Sáara são relativamente frequentes e os ventos por vezes transportam as suas poeiras para bem longe. Por vezes, os ventos alísios, associados à circulação de leste do Anticiclone Subtropical do Atlântico Norte (vulgo Anticiclone dos Açores), favorecem o transporte dessas poeiras ao longo de grandes distâncias, atravessando o oceano Atlântico, até o continente americano”.

No entanto, estas poeiras, são “ricas em minerais e nutrientes, eventualmente depositam-se no oceano e em terra (ex. Amazonas)” sendo por isso “um importante mecanismo de fertilização natural”.

O comunicado emitido ontem, refere ainda que está previsto que estas poeiras cheguem às Caraíbas e que sendo este um “evento particularmente intenso” a “ concentração de partículas no ar à superfície (PM10) em algumas ilhas das Caraíbas como Puerto Rico e Hispaniola (Rep. Dominicana e Haiti)” pode  ultrapassar os 200 μg/m3 durante o dia de hoje.

 

O IPMA está a acompanhar a situação e prevê que estas poeiras atinjam a Península Ibérica amanhã, 3ª feira, dia 23 de junho.

Leia também