COVID-19 | Ainda os arraiais dos santos populares

Hoje é noite de Santo António em Lisboa e noutras localidades. Graça Freitas, diretora-geral de saúde, realçou na conferencia de imprensa desta manhã que “não é permitida a realização celebrações, eventos e atividades que originem a aglomeração de pessoas em número superior a 10. Estando previstas medidas de fiscalização efetivas para aconselhar a não concentração de pessoas e a sua dispersão se esta concentração se estiver a verificar.”

A Diretora Geral de Saúde acrescentou ainda que “estão previstas restrições de horários e de venda de bebidas alcoólicas” e a ocupação do serviço de esplanadas apenas é permitido “respeitando as regras e orientações da DGS para o setor da restauração” encontrando-se “interdita a instalação de novo mobiliário urbano no espaço público”.

Em Lisboa, no período entre o dia 10 de junho e as 10h00 de dia 14 de junho “devem ser reforçadas” as regras de ocupação, permanência, distanciamento físico e higiene relativas aos estabelecimentos de prestação de serviços, de comercio e retalho e de restauração.

A diretora-geral de saúde refere que as pessoas devem desfrutar desta nova normalidade, mas devem “desfrutar em segurança salvaguardando a sua saúde bem como a saúde de todos, cumprindo as regras estabelecidas, divertindo-se, mas não facilitando.”

   

Leia também