Balanço positivo da primeira quinzena da situação de calamidade

Decorreu esta tarde reunião da Estrutura de Monitorização da Situação de Calamidade que avaliou a primeira quinzena da situação de calamidade. Segundo Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna “o balanço da primeira quinzena da situação de calamidade e dos primeiros dois dias do segundo período merecem uma avaliação muito positiva”.

O ministro referiu ainda que a população “acatou” as novas regras, tendo respeitado o limite de circulação, o respeito pelo distanciamento social e o uso de equipamentos de proteção, e deste modo foi possível a “evolução positiva dos dados da situação epidemiológica”.

Uma vez que é necessário “consolidar os passos dados” as forças de segurança voltaram a centrar-se na sensibilização das pessoas para as novas regras.
Eduardo Cabrita revelou que durante a 1ª quinzena da situação de calamidade se registaram:

  • 61 casos de sanções por falta de máscara nos transportes públicos
  • 1.800 casos de chamadas de atenção em serviços públicos ou estabelecimentos comerciais
  • 24 detenções.
   

Leia também