Covid-19 | Registaram-se 450 mortes em lares no nosso país

PUB

Dos 1 126 óbitos registados em Portugal devido à covid-19, 450 ocorreram em lares de idosos. A ministra da Saúde, Marta Temido, referiu que a situação em estruturas residenciais para idosos “está relativamente controlada, com um ou outro caso que merece maior atenção e maior preocupação”.

Existe mortalidade nestas instituições, mas em Portugal, felizmente, os números em termos percentuais até se colocam abaixo do que tem sido reportado a nível da Europa”, afirmou hoje, por seu lado, a diretora-geral da Saúde, Graças Freitas, que adiantou ainda terem ocorrido “243 na região norte, 134 na região centro, 69 na região de Lisboa e Vale do Tejo, um no Alentejo e três no Algarve”.

A ministra da saúde acrescentou que na rede nacional de cuidados continuados integrados é constituída por 389 unidades, mas apenas “23 unidades têm situações de casos” o que representa 62 doentes, e nenhum se encontra internado em ambiente hospitalar.

Tem vindo a ser realizados testes de diagnóstico nas estruturas residenciais para idosos e na rede nacional de cuidados continuados integrados e neste momento “temos já 3.190 com testes feitos e, desses, 114 foram positivos”, referiu Marta Temido.

Em relação ao regresso das visitas a lares e unidades de cuidados de saúde, a ministra referiu ainda que “neste momento, as autoridades de saúde, a DGS e outros setores que articulam com estas áreas, estão a concluir, esperemos que até ao final da semana, temas como o regresso a estruturas residenciais para idosos e unidades de cuidados de saúde continuados e integrados(…)”.

Leia também