780 pessoas impedidas de seguir nos transportes públicos por não utilização de máscara

Hoje foi o primeiro dia em que entrou em vigor a obrigatoriedade de utilização de máscara ou de viseira nos transportes públicos.

As forças de intervenção, PSP e GNR, estiveram nos transportes públicos em ações de sensibilização, informação e pedagogia, de modo a garantir que ninguém entrasse nos mesmos sem máscara ou sem viseira.

Ao longo do dia, de norte a sul do país, foram 780 pessoas impedidas de seguir viagem nos transportes públicos por não utilizarem máscara ou viseira e foram ainda levantados três autos a pessoas que mostraram a intenção de não cumprir as regras de utilização de máscara.

As coimas para o incumprimento do uso obrigatório de máscaras ou viseiras variam entre 120 e 350 euros.

 

   

Leia também