Casa do Benfica da Malveira encerra definitivamente

Em comunicado, os atuais corpos gerentes da Casa do Benfica da Malveira informam que o encerramento do espaço de café e restaurante que aquela associação mantinha na Malveira, encerramentos resultantes do estado de emergência pelo qual o país passou, criaram uma situação de “insanáveis dificuldades”, que levam agora ao encerramento definitivo daquelas instalações e à dissolução da associação.

COMUNICADO

Caros Sócios da Casa do Benfica da Malveira,

A Casa do Benfica da Malveira (CBM ou Casa) encontra-se numa situação de insanáveis dificuldades, resultantes do encerramento do espaço destinado a restaurante e café, da interrupção das actividades lúdicas, na sequência da epidemia que nos assola e cujo fim não se estima para breve, e por outro ainda, pela renúncia aos mandatos de todos os órgãos sociais da CBM, no passado dia 13 de Março de 2020.

Nestes termos, após várias diligências para encontrar uma solução para a manutenção da CBM, as quais se revelaram infrutíferas, é com tristeza que informamos todos os Sócios, Utentes e Clientes da Casa que a mesma entrou em processo de dissolução, encerrando, definitivamente, a Associação.

Malveira, 27 de Abril de 2020

Paulo Jorge Bicho, Presidente da Assembleia Geral da Casa do Benfica da Malveira tinha convocado uma Assembleia Geral da associação, que decorreu no dia 22 de abril, de cuja ordem de trabalhos constava já a emissão de um parecer quanto á viabilidade financeira da associação.

Por outro lado, no seguimento de uma reunião extraordinária da Assembleia Geral convocada para o efeito, não surgiu qualquer lista candidata aos corpos sociais, situação que, associada aos problemas financeiros que a Casa do Benfica da Malveira atravessa, acabou por precipitar este desfecho.

   

Leia também