Covid-19 | 87 pessoas detidas durante a operação “Páscoa em casa”

PUB

Na operação “Páscoa em Casa”, que decorreu entre as 00h00 do dia 09 de abril e as 24h00 do dia 13 de abril, foram detidas 87 pessoas, das quais 15 por violação do confinamento obrigatório – pessoas infetadas com covid-19 e que estavam na rua –, tendo ainda sido encerrados 227 estabelecimentos.

No terreno estiveram cerca de 35 mil elementos da Polícia de Segurança Pública (PSP) e a da Guarda Nacional Republicana (GNR), entidades que  fizeram hoje, em conferência de imprensa conjunta, o balanço desta operação.

A GNR realizou 9 565 ações de fiscalização e de sensibilização, deteve 21 pessoas, uma das quais por violação da obrigação de confinamento e  encerrou 118 estabelecimentos.

Por sua vez, a PSP realizou 7 400 operações, deteve 66 pessoas, 14 por violação da obrigação de confinamento e encerrou 109 estabelecimentos, tendo efetuado também diversas ações de fiscalização rodoviária, das quais resultaram 64 pessoas detidas por conduzir sem carta.

Desde a entrada em vigor desta nova fase do Estado de Emergência, até às 17h00 de hoje, 14 de abril, foram:

  • detidas 142 pessoas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência.
    (31 por desobediência à obrigação de confinamento obrigatório, 66 por desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário, 9 por desobediência de interdição de circulação fora do concelho no período da Páscoa, 13 por desobediência ao encerramento de estabelecimentos, 9 por resistência e 14 por violação da cerca sanitária de Ovar)
  • encerrados 354 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.

[Imagem: GNR]

Leia também