Covid-19 | Com 100 efetivos infetados, as forças de segurança vão ter 35 mil agentes na rua durante a Páscoa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, revelou esta manhã que à data de ontem, 100 efetivos da PSP e da GNR se encontram infetados com o novo coronavírus.

Há 100 agentes infetados, entre efetivos da PSP e da GNR. Temos um sistema de prioridade em testes que permite rapidamente despistar os contactos desses agentes. Tal determinava a colocação em inoperacionalidade de 630 militares e agentes“.

O ministro garantiu, no entanto, que o número de casos positivos de Covid-19 nas forças de segurança “não está a criar dificuldades operacionais” na operação de segurança da Páscoa uma vez que estará disponível um dispositivo com mais de 35 mil agentes que vão estar na rua, nestes dias, entre PSP, GNR e SEF.

Temos cerca de 45 mil efetivos e tem havido entreajuda entre as forças. Quando é necessário, GNR e PSP ajudam-se mutuamente” acrescentou o Ministro. Os agentes “vão funcionar em regras de espelho, com alteração do sistema de turnos, de modo a tentar garantir o mínimo de contacto e o máximo de operacionalidade“.

O estado de emergência foi renovado até 17 de abril e com a renovação intensificou-se o limite da circulação em Portugal no período da Páscoa – entre as 00h00 da Quinta-feira Santa, a 9 de abril, e as 24h00 de segunda-feira, dia 13.

   

Leia também