No Panamá homens e mulheres não podem sair de casa no mesmo dia da semana

Depois do número de detidos por terem infringido a lei que obrigava ao confinamento ter ultrapassado as 2 mil pessoas no último fim de semana, o ministério da Saúde do Panamá “apertou as regras” da quarentena obrigatória que se encontra em vigor no pais desde 24 de março.

Desde 4ª feira, 1 de abril, que foram implementadas as seguintes regras:

  • As mulheres só podem sair de casa às 2ªs, 4ªs e 6ªs  e os homens às 3ª, 5ª e sábados.
    Os domingos passam a ser em família uma vez que todos devem permanecer nas suas casas.

……………….

  •  A circulação de pessoas é feita faseadamente, uma vez que o horário para ir à rua é definido pelo último algarismo do documento de identificação.
    Assim o horário em que os cidadãos do Panamá podem sair de casa para ir às compras é o seguimte:
    – entre as 9h30 e as 11h30 se o seu documento terminar em 0
    – entre as 12h30 e as 14h30 se terminar em 1
    – entre 13h30 e as 15h30 se terminar em 2
    – e assim sucessivamente

 

O ministro da Segurança, Juan Pino, justificou estas medidas como sendo o meio mais simples para reduzir para metade o número de pessoas nas ruas, lembrando que “esta quarentena tem como único objetivo salvar vidas”.

O Ministério da saúde alega precisar “de 15 dias de proteção máxima da população, para proteger a vida e garantir que nosso país avance” nesta luta contra o contra o novo coronavírus.

A partir de 1º de abril, as mulheres circularão segunda, quarta e sexta-feira e os homens terça, quinta e sábado. Aos domingos, todos devem ficar em casa. A mesma programação é usada com o último número de identificação e as exceções estabelecidas no Decreto 507 permanecem.”, referiu o presidente do Panamá, Nito Cortizo

 

[Imagens: Governo do Panamá]

   

Leia também