34 atletas portugueses nos Jogos Olímpicos adiados para 2021 (de 23 de julho a 08 de agosto)

Deviam realizar-se este ano, entre 24 de julho e 9 de agosto, em Tóquio, no Japão, os jogos Olímpicos 2020.

O Comité Olímpico Internacional já havia comunicado na passada 3ª feira, o adiamento dos jogos para 2021 devido à pandemia de covid-19, hoje o presidente da comissão organizadora japonesa anunciou que se vão realizar entre 23 de julho e 08 de agosto de 2021. Por seu lado os Jogos Paralímpicos vão ser disputados entre 24 de agosto e 05 de setembro de 2021.

O adiamento pretende “proteger a saúde dos atletas e de todos os envolvidos, e apoiar a contenção do vírus covid-19” estas novas datas “dão às autoridades de saúde e a todos os envolvidos na organização dos Jogos o tempo máximo para lidar com o cenário em constante mudança e com as perturbações causadas pela pandemia de covid-19”, referiu o Comité Olímpico Internacional.

Apesar do adiamento dos jogos olímpicos, os atletas vão manter as vagas conquistadas para Tóquio2020.

É óbvio que aqueles atletas que conseguiram a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020 continuam qualificados. É uma consequência do facto destes Jogos Olímpicos, em concordância com o Japão, continuarem a serem os Jogos da XXXII Olimpíada” garantiu Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional.

Assim, a Equipa de Portugal conta já com 34 atletas apurados, entre eles a ciclista Maria (Tata) Martins que durante a sua formação passou pelo ACD Milharado – Escola de Ciclismo Manuel Martins.

As 10 modalidades em que participarão atletas portugueses são as seguintes: Atletismo, Canoagem (sprint e slalom), Ciclismo (estrada e pista), Equestre (ensino e obstáculos), Ginástica (artística), Natação, Surf, Ténis de Mesa, Tiro com Armas de Caça e Vela.

Os atletas apurados por modalidade são:

  • Atletismo:
    Carla Salomé Rocha, Sara Catarina Ribeiro (as duas na maratona); João Vieira (50km marcha); Evelise Veiga, Pedro Pablo Pichardo e Patrícia Mamona (os três no triplo salto).

…………….

  • Canoagem (sprint e slalom):
    Canoagem sprint: Fernando Pimenta (K1 1000), Teresa Portela (K1 200), o K4 500 masculino (composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela)
    Canoagem sprint: Antoine Launay (K1 1000)

…………….

  • Ciclismo (estrada e pista)
    Estrada, Contrarrelógio: Rui Costa, Rúben Guerreiro, Edgar Pinto, Nélson Oliveira, João Rodrigues, Jóni Brandão, João Almeida, António Carvalho
    Omnium: Maria Martins

…………….

  • Equestre (ensino e obstáculos):
    Equestre obstáculos: Luciana Diniz
    Equestre Ensino: Duarte Nogueira, Rodrigo Torres, João Torrão e Maria Caetano (apenas três entrem efetivamente em competição nos Jogos Olímpicos)

…………….

  • Ginástica (artística):
    Filipa Martins (all-around)

…………….

  • Natação:
    Diana Durães (1500m livres), Ana Catarina Monteiro (200m mariposa), Gabriel Lopes (200m estilos), Alexis Santos (200m estilos) e Tamila Holub (1500m livres)

…………….

  • Surf:
    Frederico Morais (que garantiu vaga nominal nos World Surfing Games, no Japão

…………….

  • Ténis de Mesa:
    Equipas masculinas: Marcos Freitas, Tiago Apolónia, João Monteiro, João Geraldo, Diogo Carvalho, Diogo Chen
    Singulares Femininos: Fu Yu

…………….

  • Tiro com Armas de Caça:
    João Paulo Azevedo

…………….

  • Vela:
    Classe 49er: Jorge Lima e José Costa

 

 

   

Leia também