Mafra | Há no concelho pelo menos dois casos suspeitos de infeção por coronovírus

O Jornal de Mafra está em condições de confirmar a existência de 2 doentes suspeitos de infeção por COVID-19 no concelho de Mafra.

A informação chegou-nos a partir de uma fonte bem informada, próxima das autoridades de proteção civil de Mafra, revelando que as autoridades do concelho reconheceram já a existência de pelo menos duas pessoas suspeitas de estarem infetadas por COVID-19 no concelho de Mafra, não tendo, no entanto, tornado pública esta informação.

Num dos casos, trata-se de uma professora da Escola Secundária José Saramago, que estaria já internada no Hospital de Santa Maria a ser tratada por outras patologias, quando, ao serem efetuadas análises de despistagem do vírus Sars-Cov-2, se verificou estar infetada. A assim ser, não se colocariam, neste caso, quaisquer problemas de contágio em relação à comunidade escolar da Escola Secundária José Saramago.

No outro caso, trata-se de um cuidador do Lar do Pousal, na Malveira, um lar para pessoas com deficiência profunda, que pertence e é gerido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, onde entre utentes e cuidadores trabalharão cerca de 200 pessoas.

O Jornal de Mafra contactou a entidade de saúde pública do concelho de Mafra e a assessoria de imprensa da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, entidade que gere o lar do Pousal, mas não obtivemos qualquer resposta ao nosso pedido de esclarecimentos, por parte de qualquer das duas entidades.

Num contacto anterior com a Assessoria de Imprensa da Direção Geral de saúde, uma responsável da DGS declarou ao Jornal de Mafra, que embora no início da pandemia, a DGS confirmasse em que localidades havia doentes infetados ou suspeitos, deixou de o fazer por determinação superior.

O Jornal de Mafra já tinha noticiado (leia aqui a notícia) um contacto do jornal com a direção do Hotel Vila Galé, na Ericeira, a propósito de informações que davam conta da existência de um turista alemão infetado por COVID-19, o qual teria sido dali transferido para o Hospital de Santa Maria (HSM). A direção do hotel confirmou a transferência por ambulância, de um hóspede alemão para o HSM, referindo, no entanto, ter-se tratado de um doente com problemas pulmonares prévios, que terá mesmo, no passado, sido sujeito a cirurgias pulmonares, e que depois de sujeito a análises, se verificou não estar infetado pelo vírus da COVID-19. No entanto a estação ON FM, que emite a partir de Torres Vedras, anunciou, a partir de uma fonte não identificada do Hospital de Torres Vedras, que aí estariam internados 2 doentes suspeitos de COVID-19, doentes que teriam sido transferidas da Ericeira.

Aquela rádio anunciou ainda, que para além dos doentes provenientes da Ericeira, estariam ainda internados no Hospital de Torres Vedras uma cidadã brasileira e uma mulher idosa portuguesa, também suspeitas de infeção pelo vírus da COVID-19.

Entretanto o Exército anunciou que uma das suas tendas de campanha irá servir, em Mafra, de apoio ao centro de saúde, caso as autoridades sanitárias sintam necessidade de a utilizar.

Leia também

2 Thoughts to “Mafra | Há no concelho pelo menos dois casos suspeitos de infeção por coronovírus”

  1. Telmo

    Só há 4a vez é que acertaram no nome certo da doença. Ele foi COVIS-19, COVIV-19 e COCID-19.
    Ou será que andam por aí doenças novas?

    1. JM

      Tem toda a razão.
      Isso ficou a dever-se a três razões:
      a equipa é pequena e o trabalho é muito;
      o cansaço é grande;
      e nós somos simplesmente humanos (felizmente)
      Muito obrigado pela oportunidade que nos deu de corrigir as gralhas.

Comments are closed.