Roteiro de Viagem | Chipre

Roteiro de Viagem: Chipre

O Chipre é um país diverso, a meio caminho entre a Europa e a Ásia, um país ideal para férias. Com um clima cálido, o Chipre, que foi o berço de Afrodite, surpreende pelas paisagens intocadas do seu interior e pela generosidade desarmante das suas gentes. Possui uma grande movimentação de turistas durante o verão, quando o calor e o sol são fortíssimos. A noite também é bastante agitada com vários bares, com ares típicos de pubs. As suas praias são lindíssimas, como é comum às ilhas gregas. Existem muitos passeios de barco pelo Mediterrâneo. Aliás, como país mediterrânico que é, não poderia deixar de ter um bom vinho, sem esquecer os maravilhosos azeites. A culinária é bastante saudável, sendo constituída basicamente por saladas, acompanhadas de grelhados variados de frango, carneiro ou porco temperados com diferentes e exóticas ervas. Ao passear pelos antigos vilarejos incrustados no centro da Ilha e que parecem parados no tempo, podem ser encontradas as igrejas brancas, de origem ortodoxa, incrustadas nas pedras, às margens do Mediterrâneo.

Localização: Localiza-se entre a costa sul da Anatólia e a costa mediterrânica do Médio Oriente.

Capital: Nicósia.

Língua: As línguas oficiais são o Grego e o Turco, sendo o inglês língua usual.

Habitantes: Cerca de 858.000 habitantes. (2014)

Área Total: 9 251 km²

Geografia: Chipre é uma das grandes ilhas do mar Mediterrâneo (juntamente com a Sicília, Sardenha, Córsega e Creta), a mais oriental de todas, localizada entre a costa sul da Anatólia e a costa mediterrânica do Médio Oriente. Geograficamente, pertence à Ásia, embora culturalmente e historicamente seja um misto de elementos europeus e asiáticos, com os europeus a predominar, dados o seu passado grego e os dois terços atuais de população de origem grega.

Religião: Cristianismo (predominante no setor grego) e Islamismo (predominante no setor turco). Apenas 6% professam outras crenças ou não têm nenhuma crença.

Fuso horário: + 2 horas

Moeda: Euro

Corrente elétrica: 240 V

Clima: Tipicamente mediterrânico. Invernos amenos, primavera curta e por vezes chuvosa e verão quente podendo as temperaturas ultrapassar os 40ºC nos meses de Julho e Agosto.

Segurança: Apesar de possuir uma baixa taxa de criminalidade em ambas as partes da ilha, deverá manter as habituais medidas de segurança, guardar bem o passaporte (de preferência manter uma cópia num outro local) e deixar os valores no cofre do hotel.

Saúde: É prudente efectuar um seguro de viagem. Para casos de emergência, o Cartão Europeu de Seguro de Doença é aceite nos hospitais públicos.

Para viajar para a Chipre é necessário:
– Passaporte: Para se entrar na parte grega da ilha do Chipre, os cidadãos europeus de todas as idades, devem ter em sua posse: Cartão de Cidadão/Cartão de Identidade válido para viagens para o estrangeiro ou um passaporte. Para cidadãos norte-americanos e canadianos é necessário passaporte válido assim como para os cidadãos brasileiros. Para os restantes turistas, para além do passaporte válido poderá ser necessário um visto.
– Vistos: Não é necessário para cidadãos europeus, brasileiros, norte-americanos e canadianos. Para os restantes turistas, poderá vir a ser necessário.
– Vacinas: Nenhuma vacina é obrigatória para entrar no Chipre, contudo, recomenda-se que tome a vacina para o tétano e a poliomielite.

Cultura: Cultura contemporânea de carácter grego. A cultura Cipriota é muito rica em tradições históricas. O património edificado é muito importante revelando uma riquíssima herança grega e turca. Existem numerosos tesouros nacionais. Em Chipre podemos encontrar vestígios da mitologia grega em construções e obras escultóricas, um conjunto de Igrejas e mosteiros especialmente valioso com as montanhas de Troodos a esconderem 10 Igrejas Bizantinas classificadas pela UNESCO como Património da Humanidade. O país tem ainda um variado artesanato e muitos lugares arqueológicos.

 

Economia: Tem uma economia de mercado dominada pelo setor de serviços. Os sectores do turismo, o financeiro e de administração de propriedades são os mais importantes. A economia tem crescido em taxas razoáveis desde 2000, mais estabilizadas depois da entrada na União Europeia.

Nota: É exigido vestuário apropriado nas visitas a mosteiros, mesquitas e outros locais religiosos, sendo alguns interditos a mulheres.

 

Artigos Relacionados